Rio Claro x Velo Clube - Dérbi histórico e “freguesia” em campo na Série A2!

Jogo acontece neste domingo, às 17 horas, e você acompanhe tudo no FI!

por Agência Futebol Interior

Rio Claro, SP, 10 (AFI) – Dez anos longe da mesma Divisão, Rio Claro e Velo Clube voltam a se enfrentar neste sábado, às 17 horas (horário de Brasília), no Estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Como não se bastasse o histórico do embate, a freguesia do Galo Azul é outro fator que promete ainda mais emoções no dérbi. Acompanhe TODOS os resultados dos jogos no Futebol Interior, através do melhor Placar Ao Vivo da internet.

Na última rodada, o Rio Claro foi à Campinas e foi goleada, por 4 a 1, para o Red Bull. Com o resultado, o Galo ficou com os mesmos sete pontos, mas despencando na tabela e indo para na 11.ª posição. Já o Velo Clube, em ascensão, bateu em casa, o Palmeiras B, por 2 a 0. O rubro-verde foi a dez pontos e é o quarto.

Nos números, o Velo Clube leva uma boa vantagem sobre o rival. Em 127 jogos disputados, foram 51 vitórias do rubro-verde, contra 41 do Rio Claro. Além disso, ambos ficaram na igualdade em 35 oportunidades. Aliás, se tem dérbi rio-clarense, tem muitos gols. No total foram 190 bolas na rede do Velo e 163 do Galo Azul.

O último confronto entre os times aconteceu em 2002, no Estádio Benito Agnello (Benitão), pelo antigo Campeonato Paulista B1, e quem saiu vencedor foi o Rio Claro. Num jogo equilibrado, o Galo Azul bateu o rival por 3 a 2.

Mais história...
O primeiro confronto entre os times aconteceu em 1948, no antigo estádio do Velo Clube, o Bairro da Saúde. Quem levou a melhor foi o rubro-verde, que com gols de Freitas (contra) e Luiz Salomão (Dinho), bateu o Rio Claro, por 2 a 1. Grandim foi quem descontou para o Galo Azul na oportunidade. Este confronto foi o primeiro desde quando os clubes ativaram a categoria profissional.

Aliás, foi em 1948 que o Velo Clube conquistou o primeiro título em cima do arquirrival. Jogando por uma espécie de “Melhor de 3”, o rubro-verde venceu por 2 a 1 e empatou outros dois jogos por 1 a 1 e 2 a 2; e ficou com o caneco da “Taça A Favorita”.

E como se não bastasse a “freguesia” para o Velo Clube, o Rio Claro tem que aguentar ao longo da história a chacota de ter sofrido a maior goleada do clássico. Em 1983, em partida válida pela Segunda Divisão do Campeonato Paulista, no Estádio Benito Agnelo Castellano, o Velo simplesmente humilhou o rival ao vencer por 11 a 2.

Ingressos
Mandante no clássico, o Rio Claro fez promoção quanto aos ingressos até a última sexta-feira. Para arquibancada coberta os preços eram de R$ 30 (inteira) e R$ 25 (meia); e arquibancada descoberta R$ 30 (inteira) e R$ 20 (meia). Sábado o preço volta ao normal e sai por: arquibancada coberta R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia); e arquibancada descoberta R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

O torcedor do Velo Clube que quiser comprar o seu ingresso, deverá se dirigir ao Estádio Augusto Shimidt Filho para retirar sua entrada. Lembrando que ambas as torcidas, ao efetuar a compra, automaticamente terá que se cadastrar no sistema implantado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Rio Claro com dúvidas...
Depois da goleada para o Red Bull, o técnico Paulinho McLaren se vê obrigado a “quebrar a cabeça” para escalar o time para o dérbi. Tudo isso porque o lateral-direito João Paulo está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e Geilson sente dores no tornozelo. Para os seus lugares devem entrar Lucas Maladosso, improvisado; e Diogo, respectivamente.

Em contato com o Portal FI, o treinador Paulinho McLren deixou claro que o pensamento é exclusivo na reabilitação. O comandante disse que sabe da importância do jogo, da rivalidade dos clubes, mas que acima de tudo o time precisa voltar a ter os três pontos e figurar entre os oito primeiros colocados.

“É um clássico, a torcida está confiante e com certeza mexe com todos que estarão no campo. Precisamos nos recuperar das derrotas e entrar mais uma vez no G8. Passei para eles que o importante é tocar bola, tática essa que vinha funcionando. Será um belo jogo”, comentou o treinador.

Velo confiante e sem alterações
O Velo Clube está em ascensão no campeonato e em time que está ganhando não se mexe. É com esta filosofia que o técnico João Vallim usa para entrar em campo neste sábado, contra o Rio Claro, no dérbi local. O comandante gostou do que viu na última rodada e já afirmou que não vai mexer na escalação.

“É um grande adversário, mas que temos totais condições de superar. Estamos crescendo no campeonato e isso é evidente. Será um belo jogo e espero sair como o vencedor, claro, sempre respeitando o adversário”, finalizou João Vallim.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
6ª rodada
Data
11/02/2012
Horário
17h00
Local
Estádio Dr. Augusto Schimidt Filho, em - Rio Claro (SP)
Árbitro
Wilson Luiz Seneme

Renda
R$ 75.085,00
Assistentes
Wilson Luiz Seneme e Eduardo de Souza Neto

Público
2.520 pagantes
Rio Claro
Sidão;
André, Fred, Marcelo Arandú e Doni;
Edinho, Lucas Maladosso, Nando Carandina e Marcelinho;
Mirandinha e Rafael Costa (Thiaguinho).
Técnico: Paulinho McLaren
Velo Clube
Rodrigo;
Ruhan (Alex Cambalhota), Denner, João Paulo e Fandinho;
Dênis, Rafinha (Renato), Fabinho e Felipe Pioavesan;
Luciano e Reginaldo.
Técnico: João Vallim
 
 
" />