Ferroviária 1 x 1 União Barbarense - Na estreia de treinador, Ferrinha empata

Ito Roque assumiu o comando do time na última quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 11 (AFI) - Ferroviária e União Barbarense entraram em campo na noite deste sábado, na Arena da Fonte, em partida válida pela sexta rodada do Paulista da Série A2. No duelo que marcou a estreia do técnico Ito Roque, a Locomotiva empatou por 1 a 1com o atual vice-líder da competição. O centroavante Tuta abriu o placar para os visitantes aos 40 minutos da etapa inicial, enquanto o estreante Ricardinho empatou a partida aos 25 da etapa complementar.

O resultado manteve o time de Araraquara no 13º lugar com seis pontos. Já para o Leão da Treze, a obtenção de mais um resultado positivo, assegurou a segunda posição no certame.

O começo
Atuando em casa a Ferroviária tomou a iniciativa do jogo. Logo há um minuto, aproveitando a forte chuva que caia no estádio, o lateral Willian cobrou falta direta da intermediaria, mas a bola não pegou efeito e o goleiro apenas acompanhou sua saída. A resposta do União ocorreu aos sete minutos, ocasião em que o lateral-direito Alex se desvencilhou na marcação e cruzou para o cabeceio do atacante Cezinha, rente ao próximo ao poste esquerdo de Everton.

Com mais volume de jogo, os afeanos voltaram ao ataque. Aos 13 minutos, Willian cobrou nova falta da esquerda e Wellington Amorim com estilo desviou para o fundo da meta guarnecida pelo goleiro Thiago Passos, porém o assistente Carlos Eduardo da Silva já assinalava impedimento. A marcação foi muito contestada pelos atletas e pela comissão técnica grená.

Nos primeiros 20 minutos, o adversário abdicou de investidas mais agudas no campo de ataque. Detentora de maior posse de bola, a Locomotiva tentava chega com mais consistência pelo setor esquerdo e nas bolas aéreas, que não resultaram em gols.

Muralha grená
O goleiro Everton só foi exigido aos 27 minutos e praticou uma grande intervenção. Após contra-ataque, o centroavante Tuta recebeu em liberdade, conduziu a bola e cara a cara com o goleiro viu o gol diminuir e o afeano impedir a abertura do placar.
A equipe adversária se manteve no ataque, e após sobra de bola na entrada da área, o lateral-esquerdo César desferiu um torpedo, e o arqueiro grená voou para promover a segunda grande defesa do jogo.

Tentando conter o ímpeto do União, aos 37 minutos, o lateral Willian, mais uma vez aproveitando o campo molhado, experimentou o goleiro Thiago Passos, que fez a defesa parcial, desviando para escanteio. Contudo aos 40 minutos, o bom goleiro da AFE, não impediu a movimentação no placar. O lateral Alex alçou bola na área e no bate rebate, a sobra ficou com Tuta, que tocou no canto esquerdo de Everton, sem chances de defensa: 1 a 0 para o União.

Mudança de comportamento
O segundo tempo teve inicio com a entrada do atacante Fabrício Carvalho na vaga do meia Bruno. Na cobrança de escanteio de Willian, o goleiro Thiago Passos, que estava adiantado, se esticou pra evitar maior perigo. A Ferroviária se lançou em busca da igualdade, enquanto o oponente se aventurava nos contra-ataques.

Com o meia Daniel em campo, no posto do volante Rodrigo César, o time fez boa triangulação, chegando à meta de Thiago Passos aos 17 minutos, mas o sistema defensivo do time visitante estava bem postado. Dois minutos mais tarde, em lance de velocidade, Willian cruzou e Fabrício Carvalho testou sob o arco do União.

Na marca dos 25 minutos, Daniel fez assistência para Jobinho, que dominou e concluiu, todavia a bola bateu na rede pelo lado de fora. De tanto insistir, a Ferroviária chegou à igualdade aos 28 minutos, quando Daniel, com precisão fez o passe para o estreante Ricardinho, que bateu rasteiro em diagonal, vencendo o goleiro Thiago, que nada pode fazer. Após a igualdade, os afeanos passaram a marcar o adversário sobre pressão na saída de bola, buscando a virada. Willian cobrou falta e por pouco a AFE não anotou seu segundo na noite. Novas oportunidades foram criadas com Ricardinho e Fabrício Carvalho, porém, mesmo com o apoio da torcida e a força de vontade dos atletas o placar não voltou a ser movimentado.

Opinião
O estreante Ito Roque fez suas ponderações acerca da estreia. “Um jogo equilibrado, diante de um adversário estruturado. Saímos em desvantagem e fomos em busca da igualdade. Promovemos a entrada do Daniel no intuito de melhorar o última passe e do Ricardinho, a fim de sermos mais agressivos. Faltou pouco pra sairmos de campo com os três pontos”, analisou.

Equilibrado, o treinador ressaltou que várias observações foram feitas. Para ele é necessário aproveitar ao máximo os treinos que antecederão o jogo frente ao Audax, para que o time tenha um melhor desempenho. “Buscamos várias alternativas e agora vamos avaliar assimilar com calma a apresentação. Temos dois dias de atividades e vamos poder conversar mais e expor nossa filosofia de trabalho. Precisamos pleitear um melhor posicionamento na tabela, pois o foco de todos é a classificação”, concluiu.

Próximos jogos
A Ferroviária retorna a campo na próxima quarta-feira, às 16 horas, em São Paulo, contra o Audax, mesmo dia em que o União irá receber o São José, porém, às 19 horas. Os jogos são válidos pela sétima rodada da Série A2.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
6ª rodada
Data
11/02/2012
Horário
19h00
Local
Arena Fonte Luminosa, em - Araraquara (SP)
Árbitro
Flávio Rodrigues Guerra

Renda
R$ 5.000
Assistentes
Frederico Andrade e Silva Filho e Carlos Eduardo da Silva

Público
423 pagantes
Ferroviária
Everton;
Emerson, Rafael Dias, Carlinhos e Willian;
Júlio César, Rodrigo César (Daniel), Felipe Blau e Bruno (Fabrício Carvalho);
Wellington Amorim (Ricardinho) e Jobinho.
Técnico: Ito Roque
União Barbarense
Thiago Passos;
Alex, Juliano, Rafael Silva e César;
Cláudio Britto, Dias; Paulo Santos e Carlos (Renato);
Tuta (Caihane) e Cesinha (Felipe)
Técnico: Claudemir Peixoto