Taquaritinga 1 x 2 Catanduvense - Técnico estréia com vitória!

por Oscar Silva

Taquaritinga, SP, 14, (AFI) - Na estréia do técnico João Martins e num jogo em que a arbitragem distribuiu cerca de 20 cartões, Taquaritinga e Catanduvense, jogaram neste domingo, a tarde pela 16ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-2, e deu Bruxo, por 2 a 1.

Com a vitória no primeiro jogo do novo treinador, o time de Catanduva pulou para a 12ª colocação com 19 pontos ganhos. O CAT ficou estacionanado nos treze pontos e na 18ª colocação. Os gols aconteceram todos no primeiro tempo. Nino e Samuel, assinalaram para o quadro de Catanduva. Já Cléber fez o gol de honra.

Recorde de advertências
O confronto deste sábado teve um fato inusitado - o recorde de cartões distribuídos em uma partida foi quebrado na tarde desta sábado. Ao todo, 17 cartões amarelos, e três cartões vermelhos.

A marca pertencia ao confronto entre Holanda e Portugal pela Copa de 2006, vencido pelos portugueses por 1 a 0. Na ocasião, foram distribuídos 14 cartões amarelos e 4 vermelhos.

Primeiro Tempo
Logo aos 2 minutos, o zagueiro Nino aproveitou o bate rebate e tocou no canto esquerdo do goleiro Diego, que nada pode fazer no lance. Era o primeiro gol do Catanduvense. Aos 18 minutos, o CAT quase empatou com Cléber, que tocou por cobertura para excelente defesa do goleiro Renato.

Aos 35 minutos, desta vez Cléber não desperdiçou e acertou um tirambaço no angulo esquerdo sem chance para o arqueiro do Catanduvense, empatando o jogo. Aos 45 minutos, os comandados de João Martins, marcaram o gol da vitória através de Samuel, que anotou o tento de peixinho.

Chances
Na etapa complementar, várias chances de gols para os dois lados. O time da casa quase empatou com o atacante Diego, que acertou uma bomba para uma grande defesa de Renato. Aos 6 minutos, o Bruxo deu troco com Samuel, que carimbou o travessão.

Aos 16 minutos, Júnior Barbosa poderia ter marcado o terceiro do time visitante, mas perdeu cara a cara com o goleiro. Com 30 minutos, Alekito saiu na cara do gol, e chutou para uma grande defesa de Diego. Aos 43 minutos, quem salvou foi o goleiro Renato do Catanduvense, em chute potente de Diego Silva.

O Catanduvense ainda perdeu a chance de ampliar aos 46 minutos, quando o zagueirão Émerson salvou em cima da linha para o CAT. Com o placar final de 2 a 1, João Martins começou seu reinado no Catanduvense com uma boa vitória fora de casa.

Próximos Jogos
Pela 17ª rodada da A2 do Campeonato Paulista, o Catanduvense recebe o São José, no próximo sábado em confronto a ser disputado no Estádio Sílvio Salles, às 17 horas. Já o CAT encara o Marília na casa do adversário, no mesmo dia, às 19 horas.

Ficha Técnica

Taquaritinga 1x2 Catanduvense

Local: Estádio Adail Nunes da Silva, em Taquaritinga
Renda: R$ 1.585,00
Público: 168 pagantes
Árbitro: Fábio Jesus Volpato Nunes
Cartões Amarelos: Cléberson, Luciano, Emerson, Ramirez, Nando Carandina, Cléber, Diego Silva e Washington(Taquaritinga); Júnior Barbosa, Nino, Robson Goiano, Biro, Alex Silva, Ricardo Oliveira, Jéferson e Samuel(Catanduvense)
Cartões Vermelhos: Eli e Dudu(CAT): Robson Goiano(Catanduvense)
Gols: Cléber, aos 35´/1T(CAT) : Nino, aos 2´/1T e Samuel, aos 45´/1T(Catanduvense)

Taquaritinga
Diego: Cléberson(Marlon), Luciano, Eli e Anderson Guarujá: Emerson, Ramirez(Diego Silva), Nando(Dudu) e Washington: Cléber e Diego Alves
Técnico: Wallace Astolfi

Catanduvense
Renato: Júnior Barbosa, Nino, Robson Goiano e Biro: Alex Silva(Dioogo Henrique), Ricardo Oliveira, Jéferson e Robson Goiano(Wágner): Alekito e Samuel(Cacique)
Técnico: João Martins.