Osvaldo Cruz 3 x 0 Taquaritinga - Com talento e coração

por Márcio Barreto

Osvaldo Cruz, SP, 28 (AFI) – O Osvaldo Cruz respirou no Campeonato Paulista da Série A2, ao vencer, na tarde deste domingo, o Taquaritinga, no estádio Breno Ribeiro de Val, em Osvaldo Cruz, por 3 a 0. Geandro, Cesinha e Jô marcaram os gols da partida.

Leia mais:
BOMBA! Técnico de time do Paulistão é demitido após nova derrota

O resultado tirou o Osvaldo Cruz da penúltima posição na competição. O Azulão estava a seis jogos sem vencer e com apenas uma semana de trabalho, Candinho Farias, conseguiu fazer o time subir para a décima oitava colocação com onze pontos, dois a menos que o primeiro fora da zona de rebaixamento, o América.

Já o Taquaritinga caiu uma posição e volta a ficar entre os quatro últimos. O CAT está em 17.º, com doze pontos.

Na base da vontade
Como as duas equipes precisavam da vitória para se livrar da zona de rebaixamento, a partida começou truncada, cada palmo do campo era disputada pelas equipes. O que se via durante a partida era a falta de entrosamento de ambas equipes, devido a estreia de reforços.

Porém, na base da vontade, as jogadas de ataque eram raras. A principal forma de chegar ao ataque era através das ligações diretas entre o meio-campo e o ataque.

Pelo lado do Taquaritinga o atacante Washington fazia falta como referencia dentro da área. Por duas vezes no primeiro tempo, a equipe conseguiu fazer boas jogadas pelas laterais, mas os cruzamentos passavam não encontravam ninguém dentro da área.

Saiu o gol
Pelo lado do Osvaldo Cruz, os avanços para o ataque eram tímidos. Por duas vezes Vinicius Kiss levou perigo em chutes de fora da área. Mesmo sem conseguir avançar com muita freqüência, aos 37 minutos, o time da casa abriu o placar.

Em rápido ataque do Osvaldo Cruz, o zagueiro André do CAT, derrubou Kleber na área, pênalti. Na cobrança, Geandro bateu no canto direito, o goleiro Diego chegou a ir para a bola, mas não alcançou.

Segundo tempo
A segunda etapa começou exatamente como a primeira. As duas equipes estavam sem inspiração e criavam poucas chances de alterar o placar criado no primeiro tempo.

Na frente no placar, o Osvaldo Cruz se fechou na partida e apostava nas saídas rápidas em contra ataque para tentar ampliar o marcador. Mesmo com as alterações de Carlos Rabello, o time do Taquaritinga continuou apático na partida.

Matou o jogo
A estratégia do treinador do Osvaldo Cruz, Candinho Farias, funcionou. Nos dois únicos contra-ataques da equipe da casa, dois gols.

O primeiro veio aos 29 minutos, o meio-campo do CAT ficou reclamando de falta, Jô fez boa jogada individual e cruzou na cabeça de Cesinha, que só teve o trabalho de deslocar o goleiro Diego, do CAT.

Depois, foi à vez de Cesinha retribuir o presente. Depois de cobrança de escanteio do CAT, a defesa do Osvaldo Cruz cortou, a bola sobrou para o atacante do Osvaldo Cruz, que avançou e rolou para Jô tocar no canto direito sem chances para Diego, dando números finais a partida.

Próximos jogos
O Osvaldo Cruz volta a campo nesta quarta-feira, às 15 horas, diante do Pão de Açúcar. Já o Taquaritinga, joga no mesmo dia, porém um pouco mais tarde, às 20h30, contra o Atlético Sorocaba, em casa.

Ficha Técnica

Osvaldo Cruz 3 x 0 Taquaritinga

Local: Breno Ribeiro de Val, em Osvaldo Cruz
Árbitro: Cristiano Luiz Nalesso
Cartões Amarelos: Fabrício Tocha, Vinicius Pitbull, Cesinha, Thiago Furlan, Jô (Osvaldo Cruz); Anderson Guarujá, Luciano(Taquaritinga)
Gols: Geandro, aos 37’/1T; Cesinha, aos 29’/2T e Jô, aos 38’/2T (Osvaldo Cruz)

Osvaldo Cruz
Thiago Gaúcho; Leandro, Michel, Fabrício Tocha e Julio César; Bozó, Vinícius Pitbull, Geandro (Jô) e Vinicius Kiss; Kleber (Thiago Furlan) e Cesinha (Elber).
Técnico: Candinho Farias

Taquaritinga
Diego; Luciano, Eron e André (Ramires); Edu Bayer, Nando, Ceará, Emerson (Dudu) e Anderson Guarujá; Diego Martins e Vitor Hugo.
Técnico: Carlos Rabello