Noroeste 2 x 0 São José - Artilheiro resolve

por Agência Futebol Interior

Bauru, SP, 27 (AFI) – Jogando no estádio Alfredo de Castilho, o Noroeste venceu o São José, por 2 a 0, na noite deste sábado, pela décima segunda rodada da Série A2 do Campeonato Paulista. O atacante Zé Carlos marcou duas vezes para o Norusca.

Leia mais:
São Bento 3 x 3 Catanduvense - Jogão termina sem vencedor

O Noroeste estava a quatro jogos sem vencer e com a vitória o Norusca, subiu a dezenove pontos, na sétima posição. O time de Bauru não ficou nenhuma rodada fora do grupo dos oito que se classificam para a próxima fase.

Já o São José caiu para a décima terceira posição, permanecendo com 15 pontos. Agora, a coisa ficou difícil para a Águia do Vale lugar pelo acesso, o time de São José dos Campos está a cinco pontos do G8.

Estreia
O jogo marcou a estreia dos dois treinadores no comando de suas respectivas equipes. Luciano Dias no Noroeste e Edson Só no São José.

Jogando diante seu torcedor, o Noroeste tentou começar a partida pressionando o São José, porém errando muitos passes no meio campo ficava difícil manter a superioridade na partida.

Além da estreia dos treinadores, o meia Cleverson, também vestia a camisa do Noroeste pela primeira vez. Foi dos pés dele que saiu a primeira chance de gol da partida. Em chute de fora da área, o estreante assustou o goleiro Matheus, do São José.

A partir daí, o Noroeste não conseguiu mais levar perigo ao adversário e o São José criou as principais jogadas para tirar o zero do placar.

A primeira jogada de gol da Águia foi a mais perigosa. Em jogada pelo lado esquerdo, Rodrigo Pardal, cruzou rasteiro para Leandro Diniz, livre, dentro da pequena área, pegar muito embaixo e chutar por cima do gol do Norusca.

Ainda no primeiro tempo o São José perdeu mais uma chance de abrir o placar. Novamente pelo lado esquerdo, Fábio Gomes colocou bola para Betão, que chutou tirando tinta do poste esquerdo do goleiro André Luis, do Noroeste.

Segundo tempo
A segunda etapa como a primeira. As duas equipes não conseguiam chegar ao ataque, devido a muitos erros de passe e baixa produtividade dos meias de ambas as equipes.

Precisando da vitória para voltar ao G8, o Noroeste passou a dominar a partida após a expulsão do volante Fábio Gomes, do São José. Após a exclusão do jogador da Águia, Luciano Dias, treinador do Noroeste, tirou o volante Gilmar Fubá e colocou o atacante Marcinho, dando novo gás a equipe do Norusca.

No primeiro lance de Marcinho, o atacante participou de uma triangulação com Almir Dias e Cleverson, este último finalizou para boa defesa do goleiro Matheus, do São José. O São José, por sua vez, se fechou para evitar uma derrota.

Desencantou
Melhor na partida, não demorou a sair o gol do Norusca na partida. Em jogada individual pelo lado esquerdo Rafael Aidar foi até a linha de fundo e cruzou para Zé Carlos, que voltava após cinco partidas, na pequena área o atacante cabeceou firme, sem chances para o goleiro Matheus.

No apagar das luzes, o Norusca marcou mais um. Em rápido contra ataque, Rafael Aidar fez jogada individual e só foi parado por Henrique Ortiz com falta dentro da área. Na cobrança do pênalti, novamente Zé Carlos marcou dando números finais a partida.

Próximos jogos
O Noroeste volta a campo na próxima quarta-feira, às 20h30, no clássico regional contra o Linense. Já o São José, joga um pouco mais cedo, às 20 horas, contra o São Bernardo, em casa.

Ficha técnica

Noroeste 2 x 0 São José

Local: Estádio Alfredo de Castilho
Público: 969 pagantes
Renda: R$ 5.860
Árbitro: Demétrius Pintus Candançan
Cartões Amarelos: Samuel (Noroeste); Augusto, Fábio Gomes, Betão e Henrique Ortiz (São José)
Cartão Vermelho: Fábio Gomes (São José)
Gols: Zé Carlos, aos 34’/2T e 45’/2T (Noroeste)

Noroeste
André Luís; Carlinhos Capixaba (Rafael Pulga), Samuel, Éder Lima e Roque; Gilmar Fubá (Marcinho), Júlio César, Cléverson e Almir Dias (Willian Leandro); Rafael Aidar e Zé Carlos.
Técnico: Luciano Dias

São José
Matheus; Augusto, Júnior Paulista, Ferron e Betão (Matheus Hansen); Henrique Ortiz, Fábio Gomes, Serginho e Leandro Diniz; Renato Santiago (Róbson) e Rodrigo Pardal (Rodriguinho).
Técnico: Edison Só