Guarani 0 x 2 União São João - Poça d’água deixa a vaga próxima!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) – O União São João está virtualmente classificado para a segunda fase do Campeonato Paulista da Série A2. Com uma grande campanha e ainda invicto na competição, o time do técnico Luiz Carlos Ferreira foi até Campinas e bateu o Guarani, por 2 a 0, no Estádio Brinco de Ouro.

Confira:
Atacante suspenso por doping teria "pulado a cerca". Confira!

A forte chuva que caiu em Campinas dificultou a vida do Guarani, principalmente do atacante Fabinho, que não conseguiu desempenhar um grande futebol, devido as poças d’água e foi em uma delas que o goleiro Douglas falhou, originando o primeiro gol do União São João.

Omisso ou com a inteligência prejudicada, Vadão deixou o baixinho Fabinho em campo, mesmo com a gramado totalmente alheio ao futebol do atleta que é rápido, mas muito fraco fisicamente, além de ter estatura baixa.

O Bugre viu a série de três vitórias seguidas ser interrompida com o resultado negativo (antes havia vencido o Grêmio Osasco, por 5 a 1, e América, por 2 a 0, pelo Paulista da Série A2; e o Naviraíense, por 1 a 0, pela Copa do Brasil) e se manteve com 16 pontos, em 11ª lugar. Já o União São João chegou aos 30 pontos, se isolou ainda mais na liderança e está virtualmente classificado para a próxima fase.

Goleiros se destacam em tempo equilibrado
O Guarani começou melhor a partida e assustou logo aos nove minutos. Léo Mineiro recebeu passe de Ricardo Xavier e bateu rasteiro, mas Emerson fez a defesa. Errando muitos passes, já que o time campineiro pressionava a saída de bola, o União São João não conseguia passar do meio-campo. Um minuto depois, Cléber Goiano roubou a bola e tocou para Ricardo Xavier, que bateu forte. O goleiro adversário espalmou e no rebote Léo Mineiro mandou para fora, levantando a torcida que compareceu ao Brinco de Ouro.

Mas o time de Araras cresceu no jogo e também criou boas chances. Aos 20 minutos, Paraíba saiu na cara de Douglas e bateu para grande defesa do goleiro bugrino. Batata ficou com o rebote, mas mandou para fora, perdendo grande oportunidade. Cinco minutos depois, Alex Cruz arriscou de fora de da área e a bola passou raspando a trave adversária.

Douglas mostrou o porquê é um dos principais jogadores do elenco alviverde. Lelo recebeu passe e soltou uma bomba para grande defesa do goleiro bugrino, que mandou para escanteio. Com a chuva, as duas equipes passaram a errar muitos passes, mas o União São João começou a dominar a partida, principalmente no meio-campo.

Um dos principais jogadores do time de Araras, o atacante Paraíba fez grande jogada e cruzou para a área, mas Lelo cabeceou mal e mandou para fora. Na sequência, Junai bateu colocado e tirou do goleiro Douglas, mas Neto aliviou quase em cima da linha, impedindo a abertura do placar. Após ser pressionado por muitos minutos, o Bugre voltou ao ataque aos 44 minutos. Léo Mineiro cruzou e Neto tentou o desvio de cabeça, mas a bola foi por cima.

Douglas falha e União se aproxima da vaga
Assim como terminou o primeiro tempo, o União São João começou melhor e criou a primeira chance aos três minutos. Roberto Santos recebeu na entrada da área e bateu com força, mas Douglas fez mais uma grande defesa. Na sequência, Da Silva bateu cruzado e o zagueiro Toninho tentou aliviar e quase fez gol contra.

Mas o time visitante abriu o placar em uma falha incrível do melhor jogador do Guarani na partida até o momento. Roberto Santos foi lançado, mas Douglas chegou antes e na hora de chutar, a bola acabou parando na poça d’água e sobrando limpa para o atacante, que invadiu a área e chutou para o gol aberto, aos 12.

Seis minutos depois, o União ampliou em uma linda jogada. Batata foi até a linha de fundo e cruzou. Marcelo tocou de cabeça para Paraíba, que teve calma e apenas tirou do goleiro Douglas. O Bugre perdeu a chance de diminuir na sequência. A bola sobrou para Fabinho dentro da área, que chegou batendo e mandou ao lado do gol de Emerson.

Bugre tenta, mas não consegue!
Precisando da vitória para não se distanciar dos primeiros colocados, o Bugre partiu para cima e assustou aos 25 minutos. Cléber Goiano arriscou de fora da área, mas Emerson fez uma grande defesa e mandou para escanteio. Na sequência, Junai deu grande passe para Roberto Santos, que dominou e tentou tirar de Douglas, mas o goleiro fez mais uma grande defesa.

Apostando na grama molhada, o atacante Ricardo Xavier cobrou falta rasteira e quase complicou a vida do goleiro adversário, que fez a defesa em dois lances. Aos 38 minutos, Fabinho cobrou falta e Emerson deu rebote. Na sobra, Fabinho Almeida bateu para dentro da área e Léo Mineiro tocou para o fundo do gol, mas o árbitro assinalou impedimento. O goleiro do time de Araras voltou a salvar na sequência, pegando mais um chute de Ricardo Xavier.

O camisa 9 do Guarani recebeu grande passe e se livrou da marcação, mas na hora de chutar pegou mal e mandou para fora. A bola passou raspando a trave. No último lance de perigo, Léo Mineiro dominou dentro da área e chutou forte, mas a bola acabou explodindo no travessão de Emerson.

Próximos jogos
Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2. O Guarani recebe o Marília, às 20h30, no Estádio Brinco de Ouro. Já o União São João enfrenta o Votoraty, às 19 horas, no Estádio Hermínio Ometto.

Ficha Técnica

Guarani 0 x 2 União São João

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas-SP
Árbitro: Robinson José Andréa de Góes
Público: 4.186 pagantes
Renda: R$ 42.922,00
Cartões Amarelos: Alex Cruz, Cássio e Neto (Guarani); Léo e Batata (União São João)
Gols: Roberto Santos aos 12’/2T e Paraíba aos 18’/2T (União São João)

Guarani
Douglas; Da Silva, Neto, Cássio e Fabinho Almeida; Luciano Santos (Anderson Costa), Cleber Goiano, Leo Mineiro e Alex Cruz (Paulinho); Fabinho e Ricardo Xavier.
Técnico: Vadão

União São João
Emerson; Alexandre, Toninho, Naldo e Batata; Lelo, Marcelo, Léo e Junai (Djair); Roberto Santos (Róbson) e Paraíba (Lucas).
Técnico: Luis Carlos Ferreira