Corinthians x São Paulo - Tricolor vencerá a primeira na Neo Química Arena?

Em melhor fase na temporada, time de Hernán Crespo é favorito para o clássico

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 30 (AFI) - No próximo domingo (02), Corinthians e São Paulo se enfrentam na Neo Química Arena, em jogo válido pela 10° rodada do Campeonato Paulista, em momentos diferentes.

Enquanto o Timão vive uma crise, o Tricolor Paulista vive um conto de fadas com Hernán Crespo, que poderá quebrar mais um marco: vencer o rival em seu novo estádio, algo que nunca aconteceu na história.

Foto: São Paulo/Instagram
Foto: São Paulo/Instagram

LUA DE MEL

O começo de temporada dos sonhos do torcedor do Tricolor Paulista está acontecendo. Bem na Libertadores e no Estadual, o São Paulo não só vence, mas convence quando joga.

Líder do Grupo B do Estadual, com 25 pontos, a equipe de Crespo tentará quebrar um tabu contra o arquirrival: vencê-lo na Neo Química Arena.

FASES OPOSTAS

Enquanto o São Paulo vive um momento de romance com o técnico argentino, o Corinthians parece viver um relacionamento abusivo.

O clima entre a torcida e o técnico Vagner Mancini já parece insustentável, algo que piorou após a derrota em casa para o Peñarol-URU, pela
Copa Sul-Americana.

Se algo alivia, porém, é o bom retrospecto no Estadual. Com 21 pontos, o Timão é líder isolado do Grupo A.

DEFINIDO

Enquanto as equipes se preparam para o clássico, a Federação Paulista de Futebol ainda estava indecisa sobre o horário da partida, que foi definido para iniciar às 22h15.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
10ª rodada
Data
02/05/2021
Horário
22h15
Local
Neo Química Arena - São Paulo (SP)
Árbitro
Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes
Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima

Gols
Corinthians: Luan 40' 1T, Gustavo Mosquito 39' 2T
São Paulo: Miranda 14' 1T, Luciano 50' 2T
Corinthians
Cássio;
Raul Gustavo, Jamerson e João Vitor;
Fagner, Gabriel, Ramiro, Luan e Lucas Piton;
Otero e Cauê.

Técnico: Vagner Mancini
São Paulo
Tiago Volpi;
Arboleda, Miranda e Léo;
Igor Vinícius, Luan, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Wellington;
Galeano e Vitor Bueno
Técnico: Hernán Crespo