Ponte Preta 0 x 1 Santo André - Golaço dá vitória ao Ramalhão em Campinas

Único gol da partida foi marcado por Gegê, em lindo chute de fora da área no segundo tempo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 - Com um lindo gol no início do segundo tempo, o Santo André venceu a Ponte Preta por 1 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pelo complemento da segunda rodada do Campeonato Paulista. O PLACAR FI acompanhou o duelo em TEMPO REAL.

Esta foi a primeira vitória do Santo André na competição, já que o time havia estreado com empate de 2 a 2 com o Santos. Com isso, o time do ABC Paulista assumiu a liderança do Grupo A com quatro pontos. Dois pontos a mais que o Corinthians (2º colocado).

VEJA MELHORES MOMENTOS E O GOL

Em contrapartida, a Ponte Preta segue sem vencer, já que na estreia empatou com o Novorizontino por 1 a 1. O time campineiro é o terceiro colocado do Grupo B com um ponto conquistado.

Pela manhã, a comissão técnica soube de quatro baixas por covid, entre elas de três titulares: o zagueiro Rayn, o volante Barreto e o meia Camilo, além do goleiro reserva Pedrão.

RÁDIO FUTEBOL INTERIOR

Este jogo foi acompanhado ao vivo pela Rádio FUTEBOL INTERIOR.

Com narração de Carlos Corsato, reportagens de Wendel Coral e apresentação de Pedro Orioli, que estreou no microfone da maior audiência da WEB do Estado de São Paulo.

Foram mais de 15 mil ouvintes, com audiência ainda no Facebook: 16 mil pessoas alcançadas e mais de dois mil engajamentos.

Com apoio publicitário de: Pizzaria do Dadá, Restaurante Romanos e PRONI Alimentos.

PRIMEIRO TEMPO MUITO FRACO
O primeiro tempo em Campinas foi pouco movimentado, mas ainda assim os times conseguiram criar oportunidades de gol.

Logo aos cinco minutos, Minho recebeu na área, passou pela marcação e cruzou na área. A bola chegaria num dos homens de ataque, mas Apodi se antecipou a chutou a bola para a linha de fundo, evitando o gol do time do ABC Paulista.

A Ponte Preta priorizou o toque de bola e chegou com perigo apenas aos 24 minutos, quando Renan Mota lançou Paulo Sérgio, o atacante dominou e tentou driblar Fernando Henrique, mas o goleiro travou a finalização.

Antes do intervalo os times criaram novas chances. A Ponte, aos 36, em chute de Paulo Sérgio que acabou esbarrando na defesa adversária. Já o Santo André assustou aos 41, quando Rone puxou contra-ataque e finalizou forte pela linha de fundo, sem perigo ao goleiro Luan.

Paulo Sérgio perdeu ótima chance cara a cara com Fernando Henrique - Álvaro Júnior/Pontepress
Paulo Sérgio perdeu ótima chance cara a cara com Fernando Henrique

RAMALHÃO ARRISCA E FAZ
No segundo tempo o Santo André optou por arriscar mais e encontrou seu gol. Aos 15 minutos, a Ponte Preta saiu jogando errado, Gegê recebeu de Rone e finalizou de fora da área, no ângulo do goleiro Luan. Um golaço em Campinas.

Atrás no placar, o time campineiro foi em busca do empate e perdeu ótimas oportunidades num curto espaço de tempo. Aos 18, Apodi recebeu livre na área, mas finalizou rente à trave. Depois, aos 20, foi a vez de Renan Mota recebeu sozinho na grande área e chutou por cima do gol.

Na reta final a Ponte Preta ainda esboçou pressão, mas não conseguiu passar pela forte marcação do Santo André e saiu de campo com a primeira derrota no campeonato.

Times fizeram confronto bastante disputado em Campinas

PRÓXIMOS JOGOS
A Ponte Preta volta a campo no domingo para enfrentar o Corinthians, às 11 horas, na Neo Química Arena, em São Paulo. Enquanto o Santo André receberá o São Caetano na segunda-feira, às 19 horas, no Canindé, na capital paulista.

VEJA OS BASTIDORES DE SANTOS 1 X 1 FERROVIÁRIA

Espaço incorporado por HTML (embed)

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
2ª rodada
Data
04/03/2021
Horário
19h00
Local
Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro
Fabiano Monteiro dos Santos

Assistentes
Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa

Cartões Amarelos
Ponte Preta: Ruan Renato
Santo André: Giovanni Palmieri, Paulo Roberto

Gols
Santo André: Gegê 15' 2T
Ponte Preta
Luan;
Apodi, Ruan Renato, Luizão e Yuri;
Dawhan, Vini Locatelli e Renan Mota (Bruno Michel);
Pedrinho (João Veras), Moisés e Paulo Sérgio.
Técnico: Fábio Moreno.
Santo André
Fernando Henrique;
Marcos Martins, Rodrigo, William Goiano e Giovanni Palmieri;
Léo Costa (Paulo Roberto), Marino e Gegê (Wesley Fraga);
Rone, Minho (Fernandinho) e Ramon (Tiago Marques).
Técnico: Paulo Roberto Santos.