Corinthians 0 x 0 Palmeiras - Muita disputa, pouca bola e nada de gols

A decisão fica aberta para a partida de volta, no sábado, às 16h30, no Allianz Parque

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 05 (AFI) – A primeira metade da decisão do Campeonato Paulista terminou sem gols. Corinthians e Palmeiras empataram por 0 a 0, na Arena Corinthians, em Itaquera, pelo jogo de ida da final do estadual.

A decisão agora fica para o próximo sábado, às 16h30, quando as duas equipes voltam a se enfrentar no Allianz Parque, casa do Palmeiras. Um novo empate leva a briga pelo título para a disputa por pênaltis.

PRIMEIRO TEMPO SEM GOLS
O primeiro tempo foi equilibrado, mas foi o Corinthians quem criou as principais chances de gol, exigindo duas belas defesas do goleiro Weverton.

Na primeira, Luan lançou linda bola para Ramiro, que finalizou mascado. Pouco depois, Matheus Vital arriscou um sem-pulo no canto direito e o goleiro se esticou para espalmar.

As respostas do Palmeiras foram em bolas paradas alçadas para a área. Na principal delas, Gabriel Menino levantou e a bola passou na frente de Cássio. Viña ainda se esticou para tentar completar para o gol, mas não alcançou a bola.

TUDO IGUAL
A segunda etapa foi ainda mais fechada. Os dois times mostraram preocupações defensivas e deixaram de apertar o adversário. O resultado foi um jogo muito disputado no meio de campo com marcação, mas poucos lances de perigo.

Cássio e Weverton praticamente não foram exigidos durante todo o segundo tempo e os jogadores pareciam dispostos a deixar a decisão para a partida de sábado, no Allianz Parque.

Os técnicos Tiago Nunes e Vanderlei Luxemburgo até tentaram mudar o jogo com alterações, mas nada parecia surtir efeito e o jogo terminou mesmo com o placar inalterado.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
1ª rodada
Data
05/08/2020
Horário
21h30
Local
Arena Corinthians - São Paulo (SP)
Árbitro
Raphael Claus

Assistentes
Neuza Ines Back e Daniel Paulo Ziolli. VAR: Thiago Duarte Peixoto

Cartões Amarelos
Corinthians: Danilo Avelar, Ramiro, Mateus Vital, Jô
Palmeiras: Rony

Corinthians
Cássio;
Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto;
Gabriel, Éderson (Cantillo), Ramiro, Luan (Araos) e Mateus Vital (Léo Natel);
Jô.
Técnico: Tiago Nunes
Palmeiras
Weverton;
Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña;
Patrick de Paula, Gabriel Menino (Raphael Veiga), Ramires (Bruno Henrique) e Zé Rafael (Gustavo Scarpa);
Rony (Iván Angulo) e Luiz Adriano (Willian).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo