Seis clubes vão à última rodada com risco de rebaixamento no Paulistão

O Placar ao Vivo do Portal Futebol Interior acompanha todos os jogos ao vivo das competições

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 24 (AFI) - A luta contra o rebaixamento no Campeonato Paulista será intensa. Seis clubes entram na última rodada com risco de jogar à Série A2 do Estadual na próxima temporada. Hoje, estariam rebaixados Oeste e Ponte Preta, mas esse quadro ainda pode mudar até o fim da tarde do domingo.

O Portal Futebol Interior, então, trouxe a você, internauta, a situação do time no Paulistão e o que ele precisará fazer para permanecer na divisão. Confira abaixo:

Hoje, Ponte e Oeste estariam rebaixados
Hoje, Ponte e Oeste estariam rebaixados

ÁGUA SANTA
Com 11 pontos, o Água Santa terá um grande desafio pela frente. O time de Diadema iniciará a rodada fora da zona de rebaixamento, mas terá que vencer o Palmeiras, no Allianz Paruqe, para permanecer. Se isso não ocorrer, terá que torcer contra Ponte Preta e Oeste, ambos com dez, que enfrentam, respectivamente, Mirassol e Corinthians.

BOTAFOGO
A surpreendente vitória do Botafogo por 2 a 0 contra o Guarani praticamente garantiu o clube na divisão. Agora, o Pantera, com 11 pontos, só depende de suas próprias forças para ficar na Série A1. Ou seja, precisará vencer o Red Bull Brasil, em Osasco. Mas, se tropeçar, dois desses quatro clubes não poderão pontuar: Oeste, Ponte Preta, Água Santa e Ituano.

FERROVIÁRIA
A Ferroviária se encontra na situação mais confortável. Com 12 pontos, o clube de Araraquara enfrentará a Inter de Limeira, no Morumbi, para se garantir sem ter que secar seu rivais. Caso ao contrário, dois de cinco adversários terão que tropeçar. Os citados acima, além do Botafogo.

ITUANO
Com 11 pontos, o Ituano também precisa ter muito cuidado. O clube vai até São Paulo enfrentar o vice-líder do campeonato, o Santo André, precisando vencer para seguir na divisão. Se perder, toda torcida será contra dois dos três clubes atrás na tabela: Água Santa, Ponte Preta e Oeste.

OESTE
Assim como o Água Santa, o Oeste parece ter o maior desafio entre todos os ameaçados. Com dez pontos, o clube de Barueri terá que superar o Corinthians para seguir vivo. Pelo saldo de gols, não terá nenhuma chance em caso de empate. E, além de vencer, precisará torcer para que dois dos adversários citados acima, incluindo a Ponte, tropecem na rodada.

PONTE PRETA
Apesar de estar na zona de rebaixamento, com dez pontos, a Ponte já esteve em situação mais delicada. Precisará vencer o Mirassol, no Primeiro de Maio, e torcer para que um adversário, com exceção do Oeste, tropece. Se empatar, o clube campineiro poderá escapar desde que Botafogo, Ituano ou Água Santa não vencem, pois leva a melhor nos critérios de desempate.