Entenda os protocolos de segurança para a volta do Campeonato Paulista

A FPF pediu para o Governo do Estado a liberação do torneio para o dia 22 de julho

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 08 (AFI) - A Federação Paulista de Futebol (FPF) pediu ao Governo do Estado de São Paulo a retomada do Paulistão para o dia 22 de julho. O intuito é que o torneio termine no mesmo dia do início do Brasileirão, dia 9 de agosto. O governador João Doria disse que comentará sobre o caso nesta quarta-feira.

O governador, inclusive, concedeu uma entrevista afirmando que o Brasileirão não poderia começar antes do Paulistão terminar. No entanto, ele não tem poder para tal veto e foi rebatido rapidamente pela CBF e pela própria FPF.

Com os jogos liberados para o próximo dia 22, os clubes seguem a preparação, haja vista que os treinos iniciaram no dia 1º de julho. No entanto, terão que respeitar alguns protocolos que lembraremos abaixo.

DIVISÃO POR FASES

Fase 1 (Dias que antecedem o jogo) - Revisão das listas de funcionários enviadas pelo clube. Limpeza e desinfecção do estádio. Instalação de dispensadores de álcool em gel, além de avisos sobre higiene pessoal.

Fase 2 (Pré-jogo) - Serão habilitados três portões. 1 - Será de uso exclusivo para as delegações e equipe de arbitragem. 2 - Dedicado a todo o pessoal que terá acesso ao estádio, para trabalhar
na preparação para as partidas. 3 - Todos os demais profissionais. Todas as pessoas serão obrigadas a comprovar a identidade e o credenciamento, ter a temperatura corporal medida e estar de máscara, além de usar álcool e gel constantemente. Acontecerá ainda uma reunião 48h antes do jogo com PM e órgão de saúde.

Ficou definido ainda que as equipes precisarão chegar 3h antes ao estádio. A hidratação dos jogadores serão feitas de maneira individual e descartável.

Fase 3 (A partida) - Os deslocamentos terrestres das delegações em todo o Estado, feitos por meio de transporte coletivo, deverão respeitar as medidas apresentadas pelas autoridades sanitárias, com o uso de máscaras, abundância de recipientes individuais de álcool em gel 70%, respeitando o distanciamento entre pessoas. E, se for necessário, deve-se utilizar mais de um veículo para manter o distanciamento recomendado entre os passageiros. Foi estabelecido que as viagens serão realizadas com veículos previamente higienizados, preferencialmente com ida e volta no próprio dia do jogo, com o mínimo de pessoas necessárias.

Todos os jogadores e membros da equipe técnica deverão chegar ao estádio equipados com máscara e terão suas temperaturas corporais medidas. A entrega de credenciais à equipe será feita por parte do responsável pela operação de jogo do clube. A chegada da equipe de arbitragem será similar à das equipes

A zona de bancos deverá estar desinfetada e isolada, até o momento de saída para o aquecimento. Para manter o distanciamento adequado os clubes poderão ampliar os bancos de reservas existentes, ou serão habilitadas as primeiras filas das arquibancadas para sua localização, caso em que a zona em que se encontrem os jogadores será considerada área azul.

O aquecimento prévio à partida será feito nos espaços contemplados no protocolo habitual e ajustados ao horário previsto.

Federação Paulista de Futebol
Federação Paulista de Futebol

3.1 Partida
Os jogadores e a equipe de arbitragem entrarão no campo de jogo da mesma forma que o fazem habitualmente, suprimindo-se qualquer ato protocolar e os apertos de mãos ou quaisquer cumprimentos. Serão colocados bolas suficientes ao redor do campo, (conforme Regulamento Especifico da Competição) para que o jogo possa ser disputado com normalidade; além disto serão constantemente desinfetadas pelas gandulas.

Não será permitida a troca de camisas ou demais peças do uniforme entre atletas da mesma equipe ou da equipe adversária em qualquer momento. Somente os atletas em campo, o trio de arbitragem e os técnicos terão permissão para permanecer sem máscaras ou protetor facial individual (face shield) no tempo de jogo.

3.2 Intervalo
Seguindo o protocolo de entrada e saída do campo de jogo, os jogadores deverão usar o recipiente de líquido desinfetante ao saírem da área do jogo e entrar na zona de vestiários. Os jogadores deverão trocar seu uniforme completamente durante o intervalo do encontro, e depositarão os itens usados nos cestos de roupa dispostos para tal.

3.3 Final de partida
Deverão seguir o protocolo aplicado para o intervalo. No caso dos exames antidoping, será habilitada uma segunda sala (em todos os campos em que seja possível), para a realização do exame. Do mesmo modo, recomenda-se minimizar a estada dos jogadores no vestiário, uma vez concluído o jogo

Imprensa
Em todos os jogos, da imprensa, somente terá acesso aos estádios a equipe de TV detentora dos direitos de transmissão, em número reduzido e preestabelecido de profissionais identificados e numerados dentro de campo. Cada clube poderá credenciar 3 (três) profissionais de mídia ao gramado por jogo, para captação de imagens e vídeos e distribuição para a imprensa geral, além de 1 (um) assessor de imprensa, que deverá integrar a delegação do clube e terá acesso ao entorno do gramado ao fim de cada tempo. A FPF também poderá credenciar até três profissionais por partida.

Todos os profissionais de mídia dos clubes autorizados a cada partida deverão utilizar máscara durante toda a partida, e posicionar-se atrás das placas de publicidade, nas laterais do campo, mantendo distância mínima de 2 metros em relação entre si e entre outras pessoas envolvidas na partida (gandulas, por exemplo). E nenhum poderá ter contato com atletas, comissão técnica ou qualquer membro da delegação das equipes, bem como da equipe de arbitragem.

Fase 4 (Pós-jogo)
As delegações deverão permanecer em ambientes ao ar livre e somente entrar no transporte coletivo para retornar, no momento em que todos os integrantes estejam prontos para deixar o estádio, evitando assim aglomerações em locais fechados. (ônibus/veículo).

Em primeiro lugar, realizará a saída da equipe visitante, posteriormente a equipe local, e por último a equipe de arbitragem. Será feito então o retorno das equipes aos seus centros de treinamentos ou hotel de concentração.

ZONAS DO ESTÁDIO
Zona Azul (Campo de jogo):
Esta área será de primordial limpeza e controle sanitário dentro do estádio, compreendendo: Todas as salas e corredores, que vão desde a porta de entrada exclusiva dos jogadores, comissão técnica e equipe de arbitragem até o campo de jogo, incluindo todas as passagens, áreas de acesso, áreas de vestiários (com todas as suas salas, salas de doping, etc), túnel de acesso ao campo, bancos de reservas (o principal, parte da arquibancada e os possíveis acessos) e o campo de jogo. Máximo de 101 pessoas (jogadores, comissão técnica, árbitro, gandulas, etc).

Zona Vermelha (Área operacional): É todo o restante do estádio, excetuando-se a zona azul, compreendendo as diferentes zonas dos estádios onde estarão pessoas durante a partida: arquibancadas, área de imprensa, salas operacionais, tribunas, salas anexas e outros. Máximo de 65 pessoas (Diretores de clubes, bombeiros, árbitros do VAR, jornalistas, etc).

Zona Amarela (Área externa): Parte externa do estádio: nesta zona serão situados os pontos de controle para acesso à arena, credenciamento, as zonas das unidades móveis, quando se encontrarem no exterior, os estacionamentos dos veículos e ônibus, etc. Máximo de 27 pessoas (Seguranças, policiamento, funcionários de manutenção, etc).

*No dia de entrada no estádio, as diferentes pessoas que tiverem autorização para acesso terão direito a uma credencial específica, que determinará onde que podem ter transitar, assim como o local que deverão ocupar durante toda a partida.

TESTES POSITIVOS
No caso de detecção de um teste positivo para COVID-19 em meio ao plantel, o corpo técnico ou trabalhadores membros da equipe, deverão ser seguidas as seguintes medidas: Isolar imediatamente o caso positivo em sua casa; Realizar a limpeza e a desinfecção das instalações; Realizar a análise de todo o grupo de contatos de seu ambiente pessoal;

Será realizada a análise de todos os jogadores que tenham tido contato direto superior a 5 minutos com o mesmo (recordar que os estudos existentes estabelecem que existe risco de contágio quando este contato é superior a 15 minutos);

Serão realizados todos os testes necessários à pessoa afetada, nos prazos previstos, até sua total recuperação. Caso qualquer pessoa que tenha passado pelos controles encontre-se indisposto e tenha sintomas do Coronavírus, a mesma será levada a um local isolado, dentro das próprias instalações da equipe, à espera de ser transportado a um hospital.