Classificação do Mirassol para às semifinais confirma rodízio de força no interior

Entre os cabeças de chave, Palmeiras é o único a classificar para todas as semifinais desde 2014

por Federação Paulista (FPF)

Campinas, SP, 31 (AFI) - Desde 2014, o Paulistão é disputado com quatro grupos na fase inicial. Com os cabeças de chave conseguindo confirmar o favoritismo na maioria das oportunidades, entre os times do interior, há uma verdadeira rotação de forças. O Mirassol é o mais novo a integrar uma seleta lista de semifinalistas.

Com a classificação inédita obtida em 2020, o Mirassol igualou Ituano (2014), Penapolense (2014) e Osasco Audax (2016). Já a Ponte Preta, é o primeiro time do interior a conseguir a classificação em duas oportunidades: 2017 e 2020.

Entre os semifinalistas anteriores, três conseguiram a classificação para a final. O Ituano eliminou o Palmeiras em 2014 enquanto o Osasco Audax passou pelo Corinthians em 2016. A Ponte Preta passou pelo Palmeiras em 2017, em confronto que será repetido nesta temporada. Já o Penapolense acabou eliminado pelo Santos.

Classificação do Mirassol para às semifinais confirma rodízio de força no interior
Classificação do Mirassol para às semifinais confirma rodízio de força no interior
CABEÇAS DE CHAVE
Entre os cabeças de chave dos grupos da primeira fase, o Palmeiras segue com 100% de aproveitamento. Pela sétima vez desde 2014 o alviverde está na semifinal. O clube, porém, só chegou na decisão em 2015 e 2018, derrotando Corinthians e Santos, respectivamente. Contra os interioranos, a equipe acabou eliminada por Ituano e Ponte Preta.

O Corinthians é, até hoje, foi o único cabeça de chave a não se classificar para as quartas de final, perdendo a vaga para Botafogoe Ituano em 2014. Em todas as outras vezes, porém, esteve na semifinal e ainda avançou para a decisão em 2017, 2018, 2019. Em 2015 foi eliminado pelo Palmeiras e no ano seguinte caiu para o Osasco Audax.

Campeão em 2015 e 2016, o Santos está fora da semifinal pela segunda vez. Tanto em 2017 como em 2020 foi eliminado pela Ponte Preta.

Por fim, o São Paulo é o cabeça de chave com menos participações em semifinais desde 2014. Pelo terceiro ano a equipe tricolor acabou fora das semifinais ao perder pro Mirassol. Antes, foi eliminado por Penapolense (2014) e Osasco Audax (2016).

Em sete oportunidade, então, apenas em 2015, 2018 e 2019, os cabeças de chave confirmaram o favoritismo e estiveram juntos na semifinal.

Participações na semifinal do Paulistão desde 2014:
Palmeiras - 7
Corinthians - 6
Santos - 5
São Paulo - 4
Ponte Preta - 2
Ituano - 1
Osasco Audax - 1
Penapolense - 1
Mirassol -1

Por Ruben Fontes Neto e Breno Benedito, especial para FPF