Paulistão tem década alvinegra, tricampeões e intruso do interior

Apenas Santos, Corinthians e Ituano deram a volta olímpica no Paulistão entre 2010 e 2019

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 19 (AFI) - O Campeonato Paulista foi pintado de preto e branco na última década. Dos dez títulos, nove foram alvinegros. Houve dois tricampeões e um intruso do interior. O Portal Futebol Interior pega carona no #tbt (throwback thursday, na siga em inglês) das redes sociais para relembrar, nesta quinta-feira, os últimos campeões do principal Estadual do país.

No período analisado pelo Portal FI, o Santos, tricampeão entre 2010 e 2012, ainda faturou o bi em 2015 e 2016. O Corinthians, por sua vez, levou o Paulistão em 2013 e festejou o tri entre 2017 e 2019. Em 2014, porém, o interior se fez presente e viu o Ituano no lugar mais alto do pódio.

Uma nova década se inicia. (Foto: Rodrigo Corsi / FPF)
Uma nova década se inicia. (Foto: Rodrigo Corsi / FPF)

CONFIRA OS CAMPEÕES DA A1 NA ÚLTIMA DÉCADA

CORINTHIANS (2019)
O Corinthians fez história com o tricampeonato, findando jejum de 80 anos. É verdade que as classificações nas quartas de final (Ferroviária) e semifinal (Santos) foram apenas nos pênaltis, mas na final, o Timão, de Fábio Carille, não deu chances ao São Paulo e faturou seu 30º título. Foram oito vitórias, seis empates e quatro derrotas. Aproveitamento de 55,6%.

CORINTHIANS (2018)
Em 2018, o segundo título seguido do maior campeão do Paulistão teve um gostinho ainda mais especial. Afinal, o Corinthians foi campeão diante do Palmeiras, eterno rival, e em pleno Allianz Parque com torcida única. A volta olímpica foi dada após os pênaltis. Antes, o time do técnico Fábio Carille já havia passado por São Paulo (semifinal) e Bragantino (quartas de final). A campanha registrou dez vitórias, dois empates e seis derrotas. Desempenho de 59,3%.

CORINTHIANS (2017)
Tudo começou, porém, em 2017. Aquela edição reeditou a histórica final de 1977 contra a Ponte Preta. Novamente, o Corinthians ganhou da Macaca. Antes, os comandados de Fábio Carille despacharam Botafogo (quartas de final) e São Paulo (semifinal). O aproveitamento de 66,7% foi obtido com dez triunfos, seis igualdades e duas derrotas.

Corinthians é o atual tricampeão. (Foto: Rodrigo Coca / Corinthians)
Corinthians é o atual tricampeão. (Foto: Rodrigo Coca / Corinthians)

SANTOS (2016)
A década foi do Santos. O último título do Peixe foi conquistado em 2016 com 11 vitórias, sete empates e apenas uma derrota. Aproveitamento de 70,2%. Para levantar o 22º troféu da sua história, o Alvinegro Praiano superou o surpreendente Osasco Audax. Antes da final, o Santos deixou São Bento (quartas de final) e Palmeiras (semifinal) para trás.

SANTOS (2015)
O Santos foi campeão nos pênaltis contra o Palmeiras em 2015. XV de Piracicaba (quartas de final) e São Paulo (semifinal) foram as outras vítimas do mata-mata. Apesar de ter tido uma derrota a mais em relação a 2016 (2), o Santos foi campeão com aproveitamento melhor (75%). Também pudera! Houve 13 vitórias e quatro empates.

Peixe é o maioral na década. (Foto: Ivan Storti / Santos)
Peixe é o maioral na década. (Foto: Ivan Storti / Santos)

ITUANO (2014)
Nem Santos, nem Palmeiras, nem São Paulo e muito menos Corinthians. O Paulistão de 2014 foi ganho pelo surpreendente Ituano que mostrou que 2002 não foi sorte. Único campeão do interior na década, o Galo bicou o Peixe na final nos pênaltis. O Ituano já tinha deixado o Palmeiras na saudade (semifinal) e também o Botafogo (quartas de final). A campanha rubro-negra registrou dez vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Aproveitamento de 61,4%. Aquela foi a primeira temporada com o atual formato de disputa.

CORINTHIANS (2013)
O primeiro título do Corinthians na década foi em 2013 e contra o Santos que sonhava com o tetra. A conquista serviu de consolo após a eliminação na Libertadores - o Timão sonhava com o bi. No Paulistão, o troféu foi erguido após 11 sucessos, dez igualdades e só dois insucessos. Desempenho de 62,3%. Ponte Preta e São Paulo foram as vítimas do mata-mata.

SANTOS (2012)
O tri do Santos foi ganho em 2012 após 16 vitórias, três empates e quatro derrotas. Aproveitamento de 73,9%. Terceiro colocado na classificação da primeira fase, o Peixe bateu o Mogi Mirim nas quartas de final, eliminou o São Paulo nas semifinal e foi campeão em cima do surpreendente Guarani.

SANTOS (2011)
O Santos terminou a primeira fase atrás do Corinthians, mas na final venceu o rival da capital para faturar seu segundo título seguido. Após 0 a 0 em São Paulo, o Peixe comemorou na Vila Belmiro (2 a 1) e com direito a gol de Neymar. Ponte Preta e São Paulo caíram nas fases anteriores.

SANTOS (2010)
A década foi aberta com o título do Santos. Em 2010, o Peixe não deu chance para ninguém. Líder na primeira fase, o Alvinegro Praiano levou a melhor no clássico contra o São Paulo e foi campeão em cima do Santo André. A melhor campanha na primeira fase, aliás, ajudou na volta olímpica. Afinal, o Santos venceu, por 3 a 2, na ida e perdeu pelo mesmo resultado na volta. Ambos os jogos foram no Pacaembu. Neymar fez os dois gols na derrota.