Lanterna do Paulistão, Ponte Preta é o time que mais tomou cartões vermelhos

Cinco clubes, por outro lado, ainda não tiveram jogadores expulsos nesta temporada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 26 (AFI) - A Ponte Preta registra a pior campanha do Campeonato Paulista. Um dos motivos para a Macaca estar na lanterna do Grupo A e geral é a cabeça quente dos seus jogadores. O time de Campinas é aquele que mais recebeu cartões vermelhos na edição 2020.

Em dez rodadas, a Ponte Preta soma cinco expulsões. Ou seja, uma a cada duas partidas. A Macaca tem quase uma expulso por ponto. São sete pontos. Colado na Ponte está a Inter de Limeira. O time do técnico Elano registra quatro cartões vermelhos.

O Corinthians também está com a cabeça quente no Paulistão. O atual tricampeão paulista soma três expulsões, uma a mais do que a Ferroviária, Palmeiras e Botafogo. Santos, Santo André, Novorizontino, Ituano e Guarani têm um vermelho cada.

Macaca vermelha de raiva. (David Oliveira / Guarani)
Macaca vermelha de raiva. (David Oliveira / Guarani)

SEM VERMELHO!
Já cinco clubes merecem aplausos. Oeste, Água Santa, São Paulo, Mirassol e Red Bull Bragantino não ficaram com jogador a menos em nenhum dos seus jogos. Dos quatro grupos, apenas o B não tem integrante sem expulsão. Justamente o grupo com os dois melhores clubes do Paulistão.

O Paulistão 2020, assim como todos os Estaduais, está paralisado por conta da pandemia do coronavírus. Não há data para a Federação Paulista de Futebol (FPF) retomar a disputa. Restam mais duas rodadas para definir os classificados às quartas de final e os dois rebaixados.