Paulistão poderá ter mata-mata do interior e quatro duelos inéditos

Restam apenas duas rodadas e seis pontos em disputa; Nenhum clube carimbou o passaporte

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - O Campeonato Paulista está paralisado por causa da pandemia do coronavírus. Restam apenas duas rodadas e seis pontos em disputa. Nenhum clube carimbou o passaporte para as quartas de final. Mas hoje dá para projetar como ficariam os confrontos do mata-mata. É esse o trabalho do Portal Futebol Interior nesta terça-feira.

Seriam três confrontos entre clubes chamados grandes e pequenos e um duelo com times apenas do interior. Sem falar que todos os jogos seriam inéditos. Afinal, Oeste, Santo André, Mirassol e Guarani estão próximos de disputarem pela primeira vez às quartas de final desde 2014, quando o atual formato entrou em vigor.

Santos x Oeste
Santo André x Palmeiras
São Paulo x Mirassol
Red Bull Bragantino x Guarani

Corrida pela taça. (Foto: FPF / Divulgação)
Corrida pela taça. (Foto: FPF / Divulgação)

GRUPO A
O Santos, um dos três times que esteve em todas as disputas de mata-mata nos últimos seis anos, lidera o Grupo A com 15 pontos e está bem perto da vaga. O Peixe, neste momento, iria encarar o Oeste. O clube de Barueri tem dez pontos, a mesma pontuação do Água Santa. Além da vaga, o Oeste também luta contra o descenso, uma vez que a lanterna Ponte Preta soma sete pontos.

GRUPO B

O Grupo B há os dois melhores clubes do Paulistão. Santo André e Palmeiras registram 19 pontos cada. O Ramalhão leva vantagem no número de vitórias (6 a 5). Mas é bom a dupla não bobear. O Novorizontino, único invicto nesta temporada, aparece no terceiro lugar com 16 pontos.

GRUPO C
São Paulo e Mirassol também estão com as vagas engatilhadas. O time do técnico Fernando Diniz lidera o grupo com 18 pontos, dois a mais do que o Mirassol. O São Paulo se classificou em todas as edições, enquanto o Mirassol quer a primeira vaga. Inter de Limeira (11) e Ituano (10) completam o grupo.

GRUPO D
Dos clubes do interior dentro do G2, o Red Bull Bragantino é o único que já esteve no mata-mata de 2014 para cá. O clube de Bragança Paulista lidera o Grupo D com 17 pontos. O Guarani aparece logo atrás, na vice-liderança com 16 pontos. A dupla está bem à frente de Corinthians (11) e Ferroviária (11).