Com Paulistão indefinido, Água Santa e Ferroviária liberam treinadores

Existe a possibilidade de que o estadual nem seja reiniciado e os times do interior começam a se mobilizar para enxugar os gastos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) – Em meio a indefinições sobre o futuro do Campeonato Paulista, algumas equipes do interior já começam a se planejar para o restante da temporada mesmo sem saber como serão as competições, e para alguns isso significa abrir mão de treinadores com salários mais altos.

É o caso do Água Santa, que contava com o técnico Pintado, e a Ferroviária, de Sérgio Soares. As duas equipes dispensaram os treinadores nesta sexta-feira, já prevendo que as contas vão apertar no decorrer da temporada.

Sérgio Soares foi desligado da Ferroviária (Foto: Tiago Pavani/ Ferroviária)
Sérgio Soares foi desligado da Ferroviária (Foto: Tiago Pavani/ Ferroviária)
O caso de Pintado é mais tranquilo para as duas partes, já que o treinador encerrou seu contrato após acertar com o Juventude para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Já Sérgio Soares foi dispensado nesta sexta-feira e a Ferroviária alegou que tomou essa decisão por conta do planejamento financeiro para o segundo semestre.

Como ainda não se sabe se o Campeonato Paulista vai continuar, os clubes do interior estão revendo suas folhas de pagamento. Alguns, como o Água Santa, sequer disputam competições no segundo semestre e podem optar por liberar todo elenco e comissão técnica caso o estadual não seja retomado.