FI MEMÓRIA: Confira quem eram os treinadores na abertura do Paulistão 1990

Dos 24 treinadores que iniciaram, apenas dois ainda estão em atividade: Vanderlei Luxemburgo e Nelsinho Baptista

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) - O Portal Futebol Interior traz um trabalho de pesquisa para saber como estava o início da temporada de 1990, há trinta anos, para os times do Estado de São Paulo visando o "Paulistão 1990".

O Campeonato Paulista de 1990 teve 24 equipes, servindo de qualificadora para o Paulistão de 1991, quando houve uma sub-divisão dos times em A1 e A2, com cruzamento ao final. Sinteticamente, seria como se hoje houvesse a possibilidade de um time da A2 ser campeão do Paulistão.

DE 24 TREINADORES, APENAS DOIS AINDA FAZEM SUCESSO

A constatação é que a carreira de treinador é tão curta e sujeita a muitos altos e baixos que nesse período de 30 anos, dos 24 treinadores que iniciaram o "Paulistão 1990" apenas dois ainda estão em atividade: Vanderlei Luxemburgo (Bragantino) e Nelsinho Baptista (Novorizontino), justamente os que foram campeão (Luxemburgo) e vice (Nelsinho) naquela temporada e no comando de times pequenos.

Luxemburgo no Bragantino em 1990. Atualmente, comanda o Palmeiras.
Luxemburgo no Bragantino em 1990. Atualmente, comanda o Palmeiras.

SÓ UM TREINADOR DE 1990 FICOU NO MESMO TIME NO ANO SEGUINTE

Outro dado curioso demonstrando que a cultura do treinador é não ficar muito tempo na mesma equipe, é que apenas Palhinha (ex-atacante do Corinthians e Cruzeiro nos anos 1970) esteve no mesmo time no ano seguinte, tendo dirigido o União São João de Araras em 1990 e em 1991.

Todas as demais 23 equipes começaram a temporada 1991 com técnicos diferentes do início de 1990.

DOIS TREINADORES ESTRANGEIROS, MAS COM HISTÓRIA NO BRASIL
Apenas dois eram estrangeiros: o uruguaio Pedro Rocha e o argentino José Poy, mas ambos tinham história no futebol brasileiro, tendo sido jogadores de destaque no São Paulo, residirem no Brasil e com trabalho como treinador desenvolvido apenas em nosso país.

METADE DOS TREINADORES DE 1990 JÁ SÃO FALECIDOS
Desses 24 treinadores, doze já são falecidos: Carlos Alberto Silva, Cilinho, Nicanor de Carvalho, Pedro Rocha, Valdemar Carabina, José Poy, Vail Mota, José de Souza Teixeira, Ambrózio, Waldir Peres, Norberto Lopes e Formiga.


CONFIRA QUEM ERAM OS TREINADORES NA PRIMEIRA RODADA DO PAULISTÃO DE 1990

América - Benedito Ambrózio
Botafogo
- José Galli Neto
Bragantino
- Vanderlei Luxemburgo

Catanduvense - José Naves
Corinthians - Basílio
Ferroviária - Vail Mota
Guarani - Cilinho
Inter de Limeira - Carlos Gainete
Ituano - José de Souza Teixeira
Juventus - Joel de Castro Flores
Mogi Mirim - Pedro Rocha
Noroeste - Norberto Lopes
Novorizontino - Nelsinho Batista
Palmeiras - Jair Pereira
Ponte Preta - Nicanor de Carvalho
Portuguesa - Antônio Lopes
Santo André - Chico Formiga
Santos - Pepe
São Bento - Waldir Peres
São José - Émerson Leão
São Paulo - Carlos Alberto Silva
União de Araras - Palhinha
XV de Jaú - José Poy
XV de Piracicaba - Waldemar Carabina