Santos x Corinthians - Timão tenta segurar vantagem para ir à final

No jogo de ida das semifinais, o time da capital venceu o duelo pelo placar de 2 a 1 e agora joga por um empate

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 07 (AFI) - Chegou a hora da verdade. Santos e Corinthians definem nesta segunda-feira (08) o segundo finalista do Campeonato Paulista da Série A1. Após vencer o jogo de ida por 2 a 1 no último final de semana na Arena Itaquera, o Timão visita o Peixe no Estádio do Pacaembu, às 20h, podendo até empatar para ir a grande final do estadual, na busca pelo terceiro título seguido da competição.

Do outro lado, só a vitória por dois gols de diferença interessa ao Santos. Em caso de vitória do Peixe por apenas um gol de diferença, a disputa irá para os pênaltis.

Este jogo vai ser transmitido pela Rádio FUTEBOL INTERIOR em parceria com a Rádio Nova Estação e com a equipe GOL DE PLACA.

TIMÃO FOI LÍDER
Na primeira fase, o Corinthians se classificou com a primeira colocação do Grupo C e passou pela Ferroviária nas quartas de final. Já o Santos, ficou em segundo no Grupo A, mas depois conseguiu eliminar a forte equipe do Red Bull, que era a sensação do estadual até aqui.

Até por conta disso, o duelo promete ser bastante equilibrado.

No jogo de ida das semifinais, o time da capital venceu o duelo pelo placar de 2 a 1 e agora joga por um empate
No jogo de ida das semifinais, o time da capital venceu o duelo pelo placar de 2 a 1 e agora joga por um empate

SANTOS
Para a partida desta segunda-feira, o zagueiro Felipe Aguillar deve ser titular novamente. No treinamento deste sábado, o destaque foi a participação do colombiano . O zagueiro, que sofreu forte choque de cabeça com Danilo Avelar no jogo de ida da semifinal, participou de atividade com bola e deve disputar o clássico.

Ele desfalcou o Santos na derrota por 1 a 0 para o Atlético Goianiense, na quinta-feira, fora de casa, pela Copa do Brasil. Contra o Corinthians, porém, deve formar a dupla de zaga com Gustavo Henrique.

VOLANTE DE VOLTA
Titular absoluto do time treinado pelo argentino Jorge Sampaoli, o volante se prepara para a volta das semifinais do Campeonato Paulista. O Santos enfrenta o Corinthians na segunda-feira, às 20h, no Pacaembu.

"A gente tem que ter bastante paciência para sair de lá classificado", analisou. O Santos conseguiu efeito suspensivo junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após o defensor brasileiro tomar gancho de quatro jogos por confusão com Moisés, do Palmeiras.

CORINTHIANS
O elenco do Corinthians treinou na manhã deste sábado, no CT Joaquim Grava, em seu penúltimo trabalho de preparação para o clássico.

O trabalho não contou com a presença do atacante Mauro Boselli, que na sexta-feira havia sido liberado para viajar à Argentina para acompanhar o velório do seu sogro.

O jogador foi a única baixa da atividade, que foi realizada com portões fechados à imprensa.

PORTÕES FECHADOS
Na sexta, o técnico Fábio Carille anunciou que não permitiria o acesso dos jornalistas justificando a decisão com o fato de que seus trabalhos estariam sendo espionados.

Por meio de nota divulgada em seu site oficial, o Corinthians informou que o treinador comandou atividades técnicas e táticas neste sábado, antes de dirigir um coletivo em campo reduzido no qual levou a campo a equipe titular que deverá iniciar o clássico com os santistas.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
2ª rodada
Data
08/04/2019
Horário
20h00
Local
Pacaembu - São Paulo (SP)
Árbitro
Raphael Claus

Renda
R$ 1.477.585,00
Assistentes
Danilo Ricardo Simon e Luiz Andrini Nogueira

Público
37.731 pagantes/ 38.542 total
Cartões Amarelos
Santos: Diego Pituca, Alison, Carlos Sánchez, Kaio Jorge
Corinthians: Clayson, Cássio

Gols
Santos: Gustavo Henrique 41' 2T
Santos
Vanderlei;
Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique e Diego Pituca;
Alison, Carlos Sánchez, Jean Mota (Kaio Jorge) e Soteldo;
Cueva (Rodrygo) e Derlis Gonzáles.
Técnico: Jorge Sampaoli
Corinthians
Cássio;
Fágner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar;
Ralf, Júnior Urso, Sornoza e Pedrinho (Vagner Love);
Clayson (Ramiro) e Gustavo (Boselli).
Técnico: Fábio Carille