Red Bull 3 x 2 São Bento - Virada classifica Toro Loko e rebaixa Bentão no Paulistão

Após cinco anos na elite do futebol estadual, o time de Sorocaba retorna para Série A2

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) – Em jogo com duas viradas, o Red Bull Brasil derrotou o São Bento pelo placar de 3 a 0 na noite desta sexta-feira, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. De quebra, confirmou a classificação para as quartas de final e acabou rebaixando a equipe sorocabana para a Série A2 do Paulista. Fotos: Reprodução/Red Bull Brasil.

Com o resultado, o Red Bull foi para 24 pontos no Grupo A e já não pode mais ser ultrapassado pela Ponte Preta, com 16, que sofre um baque antes do dérbi diante do Guarani. Agora, o RB apenas disputará com o Santos para saber quem terminará na liderança.

O São Bento, por outro lado, volta para a Série A2 após cinco anos na elite do futebol paulista. O time sorocabano é o lanterna, com quatro pontos, e já não pode mais ultrapassar dois adversários na disputa contra o rebaixamento. Isso porque São Caetano e Botafogo somam sete, mas o time de Ribeirão preto tem duas vitórias, contra nenhuma da equipe do técnico Silas.

BENTÃO VIVE!
O início sufocante do Red Bull dava uma expectativa de que o time iria golear o São Bento. A primeira boa chance do time da casa foi logo aos dez minutos. Claudinho recebeu de Bruno Tubarão em situação confortante dentro da área e chutou, da marca do pênalti, para um milagre do goleiro Renan.

Red Bull vence o São Bento
Red Bull vence o São Bento
Mas um minuto depois, o goleiro não pôde salvar o arremate de Uillian Correia. O volante recebeu de Aderlan, girou em cima do zagueiro e mandou de perna esquerda para o gol. Após abrir o placar, o Red Bull não jogou conforme a expectativa de quem assistia. O time parou em campo e começou apenas a administrar o resultado.

A tática foi melhor para o São Bento, que foi crescendo na base da disposição e chegou ao gol de empate aos 36 minutos. Cafu tabelou com Edson Ratinho e cruzou para Fábil Bahia. O volante pegou de primeiro e empatou. O time de Sorocaba ainda esboçou uma pressão, mas a virada foi ocorrer apenas na etapa final.

RB FESTEJA COM QUEDA DO SÃO BENTO
Logo aos dois minutos, Joãozinho disparou pela esquerda e chutou rasteiro para defesa de Júlio César. Na sobra, Eder Luis chutou para o gol. Após a virada, o São Bento recuou e se colocou todo atrás da linha do meio de campo para tentar segurar o resultado.

Mas a tentativa não foi eficaz. O Red Bull se reencontrou, após mudanças de Zago, e chegou ao gol de empate aos 27 minutos. Wesley Matos cometeu falta em Léo Ortiz e o árbitro marcou pênalti. Ytalo foi para a cobrança e deslocou Renan para deixar tudo igual.

O São Bento sentiu o gol e viu o Red Bull novamente tomar conta da partida. O clube, comandado por Zago, fez uma verdadeira blitz e chegou ao gol da classificação. Em bela jogada de contra-ataque, Léo Castro deu de calcanhar para Ytalo bater com categoria para confirmar o triunfo do RB.

PRÓXIMOS JOGOS
Na última rodada, o Red Bull enfrenta o Guarani na quarta-feira, às 21h30, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Já o São Bento entra em campo no mesmo dia e horário, diante do Bragantino, no Walter Ribeiro, em Sorocaba.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
11ª rodada
Data
15/03/2019
Horário
18h45
Local
Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro
Jose Claudio Rocha Filho

Renda
R$ 4.300,00
Assistentes
Risser Iarussi Corrêa e Leandro Matos Feitosa

Público
371 pagantes
Gols
Red Bull Brasil: Uillian Correia 11' 1T, Ytalo 27' 2T, Ytalo 39' 2T
São Bento: Fábio Bahia 36' 1T, Eder Luis 2' 2T
Red Bull Brasil
Júlio César;
Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca;
Jobson, Uillian Correia e Bruno Tubarão (Deivid);
Claudinho (Osman), Ytalo e Roberson (Léo Castro).
Técnico: Antônio Carlos Zago
São Bento
Renan;
Edson Ratinho, Wesley Santos, Diego Ivo e Mansur;
João Paulo, Fábio Bahia (Tiago Luis) e Cafu (Guilherme Romão);
Joãozinho, Eder Luis e Alecsandro (Henan).
Técnico: Silas