Novorizontino 2 x 1 São Caetano - Um no céu e outro no inferno!

O Tigre assumiu a vice-liderança do Grupo B, enquanto o Azulão segue na zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 11 (AFI) - Em um duelo de opostos, deu a lógica. Mas não foi tão fácil como o esperado. Na noite desta segunda-feira, o Novorizontino sofreu até o último minuto para vencer o São Caetano, por 2 a 1, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, no encerramento da décima rodada do Campeonato Paulista.

A vitória coloca o Novorizontino na vice-liderança do Grupo B, com 16 pontos, dois a mais que o Guarani. Por outro lado, o São Caetano segue em situação bastante delicada. Na lanterna do Grupo A, com sete pontos, o time do ABC figura na zona de rebaixamento, na frente apenas do São Bento.

TIGRE NA FRENTE

Como já era esperado, o Novorizontino começou a partida em cima do São Caetano e quase abriu o placar logo aos cinco minutos. Adilson Goiano desviou de cabeça e exigiu grande defesa de Luiz Daniel. Aos nove, não teve jeito. Murilo cobrou falta e a zaga tentou tirar, mas a bola bateu nas costas de Everton Sena e entrou.

Jogadores do Novorizontino comemoram um dos gols da vitória sobre o São Caetano (Foto: Gustavo Ribeiro/Novorizontino)
Jogadores do Novorizontino comemoram um dos gols da vitória sobre o São Caetano (Foto: Gustavo Ribeiro/Novorizontino)
O Novorizontino seguiu em cima e só não ampliou porque Luiz Daniel fez grande defesa na finalização de Murilo. Aos 24, o camisa cobrou falta com precisão e viu a bola explodir no travessão. A única aposta do São Caetano era na bola parada. E foi assim que aconteceu o empate aos 32.

Alex Reinaldo cobrou falta com perfeição e mandou no âgulo de Vagner, que não conseguiu fazer a defesa. A alegria, porém, durou apenas três minutos. O volante Adilson Goiano aproveitou bate e rebate dentro da área para recolocar o Novorizontino na frente.

EMOÇÃO ATÉ O FINAL
Como só a vitória interessava ao São Caetano, a partida ficou aberta no segundo tempo. Lucas Ramon fez grande jogada individual, mas na hora da finalização pegou fraco. A resposta do Azulão veio em chute de Vitinho desviado pela zaga. Logo depois, Bruno Mezenga cabeceou e a bola passou raspando a trave de Vagner.

Aos 22, Cleo Silva recebeu de Danielzinho dentro da área, mas chutou em cima de Luiz Daniel. Na sequência, o atacante soltou a bomba e o goleiro do São Caetano espalmou para escanteio. O Azulão respondeu com Rafael Marques, que subiu mais que todo mundo e cabeceou com muito perigo.

Na melhor oportunidade para empatar, Diego Rosa ficou com a sobra e bateu para grande defesa de Vagner. Já nos minutos finais, o técnico Roberto Fonseca foi expulso após reclamar da arbitragem. No último lance do jogo, o goleiro voltou a salvar o Tigre dessa vez em chute de Capa.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na sexta-feira, pela penúltima rodada. O Novorizontino enfrenta o Santos, às 20h30, no Pacaembu, em São Paulo, enquanto o São Caetano tem pela frente a Ferroviária, às 21 horas, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
10ª rodada
Data
11/03/2019
Horário
17h30
Local
Jorge Ismael De Biasi - Novo Horizonte (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 31.900,00
Assistentes
Daniel Luís Marques e Gustavo Rodrigues Oliveira

Público
1.400 pagantes
Cartões Amarelos
Novorizontino: Carlinhos, Matheus Salles
São Caetano: Capa, Alex Reinaldo, Pablo, Diego Rosa

Gols
Novorizontino: Everton Sena 9' 1T, Adilson Goiano 35' 1T
São Caetano: Alex Reinaldo 32' 1T
Novorizontino
Vagner;
Lucas Ramon, Everton Sena, Edson Silva e Paulinho;
Adilson Goiano, Matheus Salles e Murilo Henrique (Elvinho);
Carlinhos (Danielzinho), Cléo Silva e Felipe Marques (Carlos Henrique).
Técnico: Roberto Fonseca
São Caetano
Luiz Daniel;
Alex Reinaldo, Max, Saimon e Capa;
Pablo (Ferreira), Carlos Henrique (Willians) e Vitinho (Rafael Marques);
Minho, Diego Rosa e Bruno Mezenga.
Técnico: Pintado.