Mirassol 1 x 1 Palmeiras - Com um a mais, Verdão só empata fora de casa

Palmeiras segue líder e Mirassol ganha ponto precioso na luta contra o rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Mirassol, SP, 09 (AFI) - Mesmo com um jogador a mais desde o início do segundo tempo, o Palmeiras não conseguiu vencer e só empatou com o Mirassol, por 1 a 1, na tarde deste sábado, no Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, pela décima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Este jogo foi transmitido, ao vivo, pela Rádio FUTEBOL INTERIOR,

em cadeia com a TS Rádio, de Mirasol.

AINDA SEM VAGA

Com o resultado, o Palmeiras perdeu a chance de garantir classificação antecipada às quartas de final. Apesar disso, o time da capital segue muito bem colocado no Grupo B, em que lidera, agora com 19 pontos ganhos – tem cinco a mais que o Guarani, segundo colocado e que já entrou em campo na rodada.

Já o Mirassol comemora o ponto conquistado diante de um forte candidato ao título e principalmente por ter atuado um tempo inteiro com um jogador a menos. O time é o lanterna do Grupo C, com nove pontos. Na classificação geral é apenas o 13.º com dos pontos a mais que o São Caetano, primeiro time na zona de rebaixamento.

PRIMEIRO TEMPO FRACO
Em casa, o Mirassol esboçou uma pressão inicial diante do Palmeiras. Tentou ficar com a bola e abrir o placar com jogadas de velocidade pelos lados do campo. Apesar disso, esbarrou numa defesa muito consistente. A primeira chance de gol do jogo foi do time da capital. Aos 11, Lucas Lima tabelou com Zé Rafael e o meia cruzou na área em direção ao gol. O goleiro Matheus Aurélio se esticou todo e mandou para escanteio.

Melhor tecnicamente, o Palmeiras tinha mais facilidade para entrar na área adversária. Aos 14, o colombiano Borja recebeu ótimo passe e invadiu a área. O centroavante finalizou em cima do goleiro. Desperdiçando ótima chance, comprovando a má fase e testando a paciência dos torcedores na arquibancada.

O Mirassol conseguiu esfriar a empolgação do Palmeiras e controlou o jogo até os 40 minutos, quando viu Lucas Lima quase abrir o placar em bela cobrança de falta. Antes do apito final o time do interior tentou assustar com Rodolfo, que aos 45 minutos finalizou forte, mas sem dar trabalho ao goleiro Fernando Prass.

Zé Rafael iniciou o jogo e tentou ajudar o Palmeiras
Zé Rafael iniciou o jogo e tentou ajudar o Palmeiras

GOLS E EMPATE DE BOM TAMANHO
No segundo tempo o Palmeiras precisou de apenas cinco minutos para abrir o placar. Lucas Lima deu ótima assistência para Borja, que acabou derrubado pelo goleiro Matheus Aurélio.

O zagueiro Gustavo Gómez foi para a cobrança e não desperdiçou. Porém, quatro minutos depois o Mirassol empatou. Rodolfo fez jogada individual e cruzou para Carlão, sem marcação, só empurrar para o fundo das redes.

UM A MAIS
Com um homem a mais em campo – atacante Zé Roberto, do Mirassol, foi expulso – o Palmeiras chegou mais ao ataque. Aos 16 minutos, Mayke cruzou na área e Borja tentou finalizar de bicicleta. A bola sobrou para Lucas Lima, que chutou forte, mas por cima do gol de Matheus Aurélio.

Apesar da posse de bola, faltou agressividade ao Palmeiras para buscar o segundo gol. O Mirassol teve o trabalho de apenas ‘cercar’ sua área e aguardou os contra-ataques para surpreender. Com um a menos, o empate ficou de bom tamanho para os donos da casa, que viram o Palmeiras perder ótima chance com Carlos Eduardo, aos 46 minutos. O atacante recebeu ótimo passe de Moisés e chutou cruzado, rente à trave do goleiro Matheus Aurélio.

PRÓXIMOS JOGOS
O Palmeiras volta a campo pelo Paulistão no próximo sábado, quando enfrentará o São Paulo, às 16h30, provavelmente no Pacaembu. Porém, antes disso, na terça, o time receberá o Melgar, às 19h30, em São Paulo, pela Libertadores. O Mirassol, por sua vez, receberá o Botafogo, às 19 horas, novamente na cidade de Mirassol.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
10ª rodada
Data
09/03/2019
Horário
16h30
Local
José Maria de Campos Maia - Mirassol (SP)
Árbitro
Vinícius Gonçalves Dias Araújo

Renda
R$ 585.100,00
Assistentes
Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo

Público
9.600 pagantes
Cartões Amarelos
Mirassol: Léo Baiano, Zé Roberto
Palmeiras: Diogo Barbosa

Cartões Vermelhos
Mirassol: Zé Roberto
Gols
Mirassol: Carlão 9' 2T
Palmeiras: Gustavo Gómez 6' 2T
Mirassol
Matheus Aurélio;
Daniel Borges, Riccieli, Leandro Amaro e Alex Ruan;
Léo Baiano, Wellington Simião (Yuri) e Maílton;
Zé Roberto, Rodolfo (Felipe Augusto) e Carlão (Sandoval).
Técnico: Moisés Egert
Palmeiras
Fernando Prass;
Mayke, Gustavo Gómez, Edu Dracena e Diogo Barbosa;
Thiago Santos (Raphael Veiga), Moisés, Lucas Lima e Zé Rafael (Carlos Eduardo);
Felipe Pires (Jean) e Borja.
Técnico: Felipão