Santos x Mirassol - Peixe quer aumentar tabu contra Leão e seguir disparando

O time de amarelo jamais venceu o Peixe na história e quer repetir a façanha do Ituano para sair com os três pontos

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 08 (AFI) – Sensação do Campeonato Paulista, mesmo após a derrota inesperada para o Ituano, o Santos tenta seguir como o time a ser batido na partida frente ao Mirassol, marcado para este sábado, às 17h, no Estádio do Pacaembu, pela sexta rodada.

O Santos tem 12 pontos e ocupa a liderança isolada do torneio. No entanto, a derrota por 5 a 1 frente ao Ituano já gerou questionamentos, nada que abalasse o desempenho da equipe, que vem de uma goleada convincente na Copa do Brasil, frente ao Altos, por 7 a 1.

Já o Mirassol luta ainda para permanecer na divisão. Em cinco jogos, o Leão conquistou cinco pontos. Na última rodada, deixou escapar a vitória nos minutos finais, no empate por 2 a 2 diante do Guarani. É o quinto do Grupo C, com cinco pontos.

Em seis confrontos, todos pelo Campeonato Paulista, o Santos jamais perdeu para o Mirassol. Só uma dessas partidas foi realizada no Pacaembu. Em quase 11 anos de confronto, desde 2008, foram cinco vitórias santistas e um empate, com o Alvinegro marcando 13 gols e sofrendo cinco.

VAI, PEIXÃO!
O técnico Sampaoli deve preservas alguns jogadores que acabaram se desgastando com a longe viagem para enfrentar o Altos-PI. Com isso, nomes como Orinho, Yuri e Felippe Cardoso podem aparecer entre os titulares para o confronto frente ao Mirassol.

Santos é o time a ser batido no Campeonato Paulista
Santos é o time a ser batido no Campeonato Paulista
A principal novidade de Sampaoli deve ser o meia Cueva, recém-contratado pela diretoria santista. O nome do jogador já foi publicado no BID da CBF e o treinador aguarda apenas a confirmação dele entre os inscritos no torneio para o relacionar. Ele deve ficar como opção no banco de reservas.

OLHO NO LEÃO!
Vindo de três tropeços consecutivos no Campeonato Paulista, o Mirassol enfrenta o Santos neste sábado, no Pacaembu, para deixar a lanterna do Grupo C, com cinco pontos, e poder começar a brigar pela classificação às quartas de final. O técnico Moisés Egert ganhou um reforço de última hora para o duelo. Ainda sem ser anunciado como reforço da equipe, o atacante Zé Roberto apareceu no BID da CBF e deve viajar com a deleção até São Paulo.

A tendência, no entanto, é que o atleta inicie a partida como opção no banco de reservas, mas sendo uma ótima opção no decorrer do duelo. Sem suspensos, o treinador deve utilizar os mesmos titulares que empataram por 2 a 2 diante do Guarani, no último domingo. Caso Zé Roberto inicie, deverá entrar no lugar de Wilson.

“Sempre é difícil jogar contra o Santos. Eles estão motivados com uma goleada na Copa do Brasil, mas temos que lembrar que não são invencíveis, afinal perderam também por um placar elástico contra o Ituano. Temos que usar bem a cabeça, saber anular os pontos fortes e aproveitar as chances que aparecerem. Temos totais condições de surpreender”, garantiu o treinador.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
6ª rodada
Data
09/02/2019
Horário
17h00
Local
Pacaembu - São Paulo (SP)
Árbitro
Douglas Marques das Flores

Renda
R$ 522.527, 00
Assistentes
Alex Ang Ribeiro e Marco Antonio de Andrade

Público
16.634 pagante (19.261 total)
Cartões Amarelos
Mirassol: Lelê, Riccieli

Gols
Santos: Jean Mota 49' 2T
Santos
Éverson;
Matheus Ribeiro, Aguilar, Luiz Felipe (Gustavo Henrique) e Orinho;
Yuri, Diego Pituca, Cueva (Carlos Sánchez) e Jean Mota;
Soteldo (Eduardo Sasha) e Derlis González.
Técnico: Jorge Sampaoli
Mirassol
Tiago Cardoso;
Daniel Borges, William Alves, Leandro Amaro e Carlos Renato;
Riccieli, Léo Baiano, Wellington Simião, Jean Carlos (Maílton) e Lelê (Carlão);
Rodolfo (Zé Roberto).
Técnico: Moises Egert
 
 
" />