Red Bull Brasil 2 x 1 Ituano - Trinca comprova bom momento do Toro Loko

O time comandado por Antônio Carlos Zago se consolidou na vice-liderança do Grupo A

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - O Red Bull Brasil deu um importante passo em busca da classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista na noite desta sexta-feira ao vencer o Ituano, por 2 a 1, de virada, no Estádio Moisés Lucarelli, na abertura da sexta rodada.

Essa foi a terceira vitória seguida do Toro Loko - havia batido Corinthians e Ferroviária -, que chegou aos 11 pontos e se consolidou na vice-liderança do Grupo A. A diferença para o líder Santos é de apenas um ponto e para a terceira colocada Ponte Preta é de seis. Ambos so times entram em campo no final de semana.

Por outro lado, o Ituano não conseguiu o manter o bom momento depois de ter goleado o Santos, por 5 a 1, e estacionou nos sete pontos, correndo o risco de perder a vice-liderança do Grupo D para Oeste e Botafogo no complemento da rodada.

PRIMEIRO TEMPO
Logo aos dois minutos, Peri cruzou e Alemão se antecipou para desviar de cabeça pela linha de fundo. A bola passou raspando a trave de Júlio César. A resposta do Red Bull Brasil também foi pelo alto. Pio cobrou falta e Corrêa só não marcou contra porque Pegorari espalmou para escanteio.

O Red Bull Brasil virou sobre o Ituano e se consolidou na vice-liderança do Grupo A (Foto: Miguel Schincariol/Ituano)
O Red Bull Brasil virou sobre o Ituano e se consolidou na vice-liderança do Grupo A (Foto: Miguel Schincariol/Ituano)

Aos sete, Ytalo dominou dentro da pequena área e desperdiçou uma chance incrível ao chutar pela linha de fundo. O castigo veio dois minutos depois. Martinelli aproveitou falha da defesa, ganhou na velocidade e bateu na saída de Júlio César. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

O empate do Toro Loko quase veio em chute de Ytalo. Pegorari se esticou todo e espalmou para escanteio. Depois, o Ituano levou perigo em dois cruzamentos seguidos, mas Alemão e Morato não conseguiram completar.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com o Red Bull Brasil tendo mais posse de bola, mas quem assustou pela primeira vez foi o Corrêa. O volante tentou por cobertura e assustou Júlio César. Insatisfeito, o técnico Antônio Carlos Zago fez duas alterações: Léo Castro e Everton entraram nos lugares de Pio e Jobson, respectivamente.

Em seu primeiro lance, Everton soltou a bomba de fora da área e Pegorari fez grande defesa. Aos 20 minutos, o Red Bull Brasil deixou tudo igual. Osman roubou a bola de Peri, deixou o lateral deitado na grama com um corte seco e finalizou rasteiro. Na sequência, Ytalo bateu fraco nas mãos do goleiro rubronegro.

No contra-ataque, o Red Bull Brasil virou o placar. Osman lançou Roberson, que ganhou na velocidade de Ricardo Silva e bateu por cima de Pegorari. O goleiro fez a defesa parcial, mas o atacante não desperdiço o rebote. Nos minutos finais, o Ituano tentou sem sucesso buscar o empate.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira, pela sétima rodada. O Red Bull Brasil recebe o Botafogo, às 21 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas, enquanto o Ituano encara o Mirassol, às 18h45, no Novelli Júnior, em Itu.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
6ª rodada
Data
08/02/2019
Horário
18h45
Local
Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro
Flavio Rodrigues de Souza

Renda
R$ 4.200,00
Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse e Herman Brumel Vani

Público
407 total
Cartões Amarelos
Red Bull Brasil: Jobson, Uillian Correia
Ituano: Léo, Peri

Gols
Red Bull Brasil: Osman 20' 2T, Roberson 30' 2T
Ituano: Martinelli 9' 1T
Red Bull Brasil
Júlio César;
Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca;
Jobson (Everton), Uillian Correia e Pio (Léo Castro);
Osman, Roberson (Barreto) e Ytalo.
Técnico: Antônio Carlos Zago
Ituano
Pegorari;
Jonas, Léo Santos, Ricardo Silva e Peri;
Baralhas, Corrêa (Marcelinho) e Marcos Serrato;
Alemão (Claudinho), Morato e Martinelli.
Técnico: Vinícius Bergantin
 
 
" />