São Paulo x Red Bull Brasil - Tricolor de cara nova no Morumbi

O adversário já está eliminado da competição, com 13 pontos no Grupo D, e também não corre risco de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 09 (AFI) - O clima no São Paulo esquentou e parece que a temporada de 2017 ainda não terminou. A derrota para o Palmeiras por 2 a 0 custou o cargo do técnico Dorival Júnior, demitido na manhã desta sexta-feira e ainda abalou o clima do clube, que pode terminar a primeira fase do Campeonato Paulista sem a liderança do Grupo B. Isso porque precisa vencer o Red Bull Brasil neste domingo, às 17 horas, no Morumbi, para garantir a primeira posição na 12ª rodada.

Com 14 pontos, o São Paulo está empatado com o São Caetano, mas à frente pelo saldo de gols: menos um, contra seis do clube do ABC, que vem de quatro jogos sem perder. Para garantir a ponta do Grupo B, o time do Morumbi precisa vencer na rodada. Do outro lado, o Red Bull Brasil já está eliminado da competição, com 13 pontos no Grupo D, e também não corre risco de rebaixamento, cumprindo apenas tabela.

MUDANÇAS

Com a saída de Dorival Júnior, André Jardine assumiu como técnico interino do São Paulo e já tem dor de cabeça para escalar o time titular. O lateral esquerdo Edmar sentiu um estiramento no ligamento colateral do joelho direito e virou desfalque certo para a partida. Por isso o jovem Liziero, vice-campeão da Copa São Paulo, treinou entre os profissionais e pode ganhar uma oportunidade. Júnior Tavares também é cotado.

Reinaldo, teoricamente titular absoluto da lateral, ainda se recupera de um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda. Outro problema do interino é preservas os jogadores pendurados pelo segundo cartão amarelo – se forem advertidos não jogam a primeira partida das quartas de final. Por isso é provável que o São Paulo tenha muitas mudanças e dê oportunidade para alguns jogadores que não vinham atuando.

PRA GANHAR

“O objetivo é fazer um bom Troféu do Interior, tentar buscar o título. O campeonato oferece uma vaga na Copa do Brasil e passa a ser a meta principal do clube”, revelou Ricardo Catalá com a Ponte. Novamente sem nenhum jogador suspenso, é provável que o Red Bull Brasil mantenha a mesma escalação. O clube que não vence há quatro jogos, também pode comemorar duas partidas sem sofrer gols, com uma das melhores defesas da competição.

O treinador aproveitou a eliminação precoce na primeira fase para analisar a companha do Red Bull Brasil: “Esse time deveria ter ido mais longe. Nós perdemos pontos no começo do campeonato em partidas que tivemos a condição de vencer. Agora, todos os pontos que perdemos nas últimas rodadas ainda tiveram um peso maior”, completou Catalá.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
12ª rodada
Data
11/03/2018
Horário
17h00
Local
Morumbi - São Paulo (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 229.340,00
Assistentes
Fabricio Porfirio de Moura e Enderson Turbiani da Silva

Público
9.226 presentes.
Cartões Amarelos
Red Bull Brasil: Nininho, Rayne, Pedro

Gols
São Paulo: Nininho 31' 1T (contra), Arboleda 22' 2T, Marcos Guilherme 26' 2T
Red Bull Brasil: Edmílson 8' 1T
São Paulo
Jean;
Bruno, Aderllan, Arboleda e Júnior Tavares;
Petros, Pedro (Liziero), Nene e Diego Souza;
Tréllez (Marcos Guilherme) e Caíque (Valdívia)
Técnico: André Jardine (interino)
Red Bull Brasil
Julio César;
Nininho, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes;
André Castro, Rayner (Doriva) e Thomaz (Matheus Oliveira);
Claudinho, Edmilson (Tatá) e Eder Luis.
Técnico: Ricardo Catalá
 
 
" />