Novorizontino 2 x 1 Santos - Peixe para nas poças d'água e Tigre avança às quartas

O time de Novo Horizonte já sabe que vai enfrentar o Palmeiras na próxima fase do Paulistão

por Agência Estado

Novo Horizonte, SP, 07 - O Santos sofreu no gramado encharcado e cheio de poças d'água de Novo Horizonte, não conseguiu jogar e perdeu para o Novorizontino por 2 a 1 nesta quarta-feira, em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. O resultado garantiu o time da casa nas quartas de final da competição.

O Novorizontino confirmou o segundo lugar do Grupo C, com 17 pontos e enfrentará o Palmeiras, líder da chave, na próxima fase. O Santos segue na ponta do Grupo D, com 18 pontos.

MUITA POÇA!
A partida marcou a estreia do lateral-esquerdo Dodô no time alvinegro, contratado junto à Sampdoria. Mas o jogador teve atuação discreta, assim como quase todo o time. Do Santos, o único destaque positivo foi o jovem Yuri Alberto, de 16 anos, que substituiu Gabriel, poupado por conta de dores musculares. Foi dele o único gol da equipe, que não conseguiu igualar o marcador mesmo com um a mais desde os 20 minutos do segundo tempo.

Se serve de desculpa, o campo estava impraticável devido ao temporal de cerca de 15 minutos e que caiu quando as equipes estavam perfiladas para a execução do hino nacional. Por conta dos raios, o árbitro adiou em dez minutos o início da partida. A bola só rolou depois de uma conversa com jogadores das duas equipes, que aceitaram jogar. Mas foi duro de assistir.

Era impossível trocar passes e os dois times iam de um lado a outro na base do chutão. O Novorizontino, por jogar em casa e conhecer melhor os problemas do campo, levou a melhor.

Em uma das raras oportunidades de gols, Juninho aproveitou cruzamento aos 19 minutos do primeiro tempo e abriu o marcador. Na saída para o intervalo, o meia Léo Cittadini comentou sobre a decisão de realizar a partida. Foi até sincero demais ao comentar a posição do adversário.

Santos para no Novorizontino na noite desta quarta-feira
Santos para no Novorizontino na noite desta quarta-feira

"O árbitro disse que a gente é quem definiria se haveria jogo ou não. O time deles falou que a drenagem daqui é muito ruim e que essa água no gramado não iria baixar tão cedo. A única solução foi começar o jogo", comentou o jogador ao Sportv.

QUE VITÓRIA!
De fato, mesmo sem chuva, o gramado seguiu péssimo no segundo tempo. O Santos chegou ao

Novorizontino brigou pela vitória e pela vaga. Foto: Matheus Bertolini dos Santos
Novorizontino brigou pela vitória e pela vaga. Foto: Matheus Bertolini dos Santos
empate em uma jogada de bola parada. O estreante Dodô bateu falta da esquerda na área, o goleiro Oliveira espalmou e jovem Yuri Alberto, de 16 ano, o substituto de Gabriel, mandou para as redes.

O Novorizontino não se abateu e voltou a ficar à frente do marcador cinco minutos depois. Alisson Safira avançou pela direita, cruzou e o zagueiro do Santos Lucas Veríssimo mandou contra.

UM A MENOS
O time da casa ainda ficou com um a menos em campo a partir dos 21 minutos por culpa do volante Jean Patrick. Ele tomou cartão amarelo na comemoração do gol da sua equipe e depois foi expulso por discutir com o Anderson Salles.

Mesmo assim, o Santos não conseguiu igualar o marcador e viu acabar a sequência de cinco jogos sem derrotas.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Santos enfrenta o São Bento no domingo, às 17h, na Vila Belmiro. No mesmo dia e horário, o Novorizontino pega o Santo André no Estádio Bruno José Daniel.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
11ª rodada
Data
07/03/2018
Horário
19h30
Local
Jorge Ismael de Biasi - Novo Horizonte (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 152.995,00
Assistentes
Daniel Luis Marques e Luiz Alberto Andrini Nogueira

Público
5.426 torcedores.
Cartões Amarelos
Novorizontino: Alisson Safira, Rafael Ratão, Tony, Thallyson
Santos: Alison, Gustavo Henrique

Cartões Vermelhos
Novorizontino: Jean Patrick
Gols
Novorizontino: Juninho 19' 1T, Lucas Veríssimo 14' 2T (contra)
Santos: Yuri Alberto 9' 2T
Novorizontino
Oliveira;
Tony, Anderson Salles, Tallyson e Éder;
Adilson Goiano, Jean Patrick e Jean Carlos (Lucas);
Cléo Silva, Alisson Safira (Guilherme Teixeira) e Juninho (Rafael Ratão).
Técnico: Doriva.
Santos
Vanderlei;
Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô;
Alison, Vecchio (Vitor Bueno) e Léo Cittadini;
Arthur Gomes (Diogo Vitor), Yuri Alberto e Rodrygo (Eduardo Sasha).
Técnico: Jair Ventura.
 
 
" />