Paulistão: Pela permanência, Ponte Preta defende tabu contra a freguês Ferroviária

Na história do Paulistão, eles se enfrentaram 56 vezes, com 29 triunfos da Macaca, 15 empates e apenas 12 vitórias da Ferroviária

por Luiz Carlos Éden

Sorocaba, SP, 09 (AFI) - A Ponte Preta recebe a Ferroviária neste domingo (11), as 17 horas, no Estádio Moisés Lucarelli (Majestoso), em Campinas, pela ultima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Ameaçada pelo rebaixamento, a Macaca entra em campo defendendo tabu de 28 anos sem perder para a Ferrinha. A ultima derrota foi por 2 a 1, em Campinas, pelo Paulistão de 1990.

Além do tabu favorável, a Ponte Preta busca aumentar a freguesia do clube araraquarense. Na história do Paulistão, eles se enfrentaram 56 vezes, com 29 triunfos da Macaca, 15 empates e apenas 12 vitórias da Ferroviária.

Desses, foram 31 duelos em Campinas, com 20 triunfos dos donos da casa, seis empates e apenas cinco vitórias da Ferrinha.

Na última rodada, Ponte ficou no empate com o Red Bull Brasil
Na última rodada, Ponte ficou no empate com o Red Bull Brasil

JEJUM DE VITÓRIAS
A Alvinegra campineira, que não vence há sete jogos (duas derrotas e cinco empates), soma 11 pontos e disputa sua permanência na elite com o lanterna Santo André, que esta com oito pontos ganhos e enfrenta, em casa, o Novorizontino, no mesmo dia e horário.

Para não depender do tropeço do Ramalhão, o time do técnico Eduardo Baptista precisa de apenas um ponto diante de uma Ferroviária que não vence há quatro jogos (uma derrota e três empates seguidos) e joga apenas para cumprir tabela.

Com 12 pontos e sem chances de classificação as quartas de final, a Ferrinha se livrou do rebaixamento na rodada passada após empate, em casa, com o Bragantino por 0 a 0.

 
 
" />