Santos x São Caetano - Finalistas em 2007, times vivem momentos distintos em 2018

O Peixe tenta reencontrar o bom futebol, enquanto o Azulão quer sair da zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 13 (AFI) – Em 2007, Santos e São Caetano decidiram o título do Campeonato Paulista. Onze anos depois, eles se encontram novamente em um momento totalmente diferente, tentando acabar com a desconfiança para sonhar grande em busca do título. O duelo acontecerá nesta quarta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro.

Sem Lucas Lima e Ricardo Oliveira, se transferiram para Palmeiras e Atlético-MG, respectivamente, o Santos tem passado por uma reformulação, mas ainda não encantou e tem sido muito contestado nesse Paulistão. Atualmente, ocupa apenas a vice-liderança do Grupo D, com oito pontos, um do líder Botafogo-SP.

Já o São Caetano encontra-se em situação delicada no torneio. O Azulão é o lanterna, com apenas quatro pontos, e precisa desesperadamente da vitória para não se distanciar de seus adversários na luta para permanecer na divisão. Vale lembrar que o time foi campeão da A2 no ano passado.

Gabriel Barbosa é a grande esperança do Santos
Gabriel Barbosa é a grande esperança do Santos
OLHO NO AZULÃO!
O técnico Pintado encerrou a preparação para a partida contra o Santos, marcado para esta quarta-feira, na Vila Belmiro. A principal novidade fica pelo retorno de Esley, que cumpriu suspensão no empate com o Red Bull Brasil por 1 a 1. A tendência é que entre na vaga de Ferreira.

Recém-contratado após a saída de Luis Carlos Martins, Pintado ainda vem fazendo testes para definir a equipe ideal. A tendência é que mantenha a base da última rodada, mas mais novidades podem surgir na escalação inicial, que será divulgada apenas minutos antes do jogo.

“Vai ser um jogo muito difícil. Enfrentar o Santos na Vila é sempre complicado, conheço muito bem. Mas futebol é isso, futebol é feito para a gente tentar surpreender. Esse grupo merece um momento de alegria, momento de felicidade e vai lutar muito para conseguir vencer o Santos”, afirmou Pintado.

VEM O PEIXE!
O técnico Jair Ventura trabalha em cima de uma dúvida para enfrentar o São Caetano. O treinador tem encontrado dificuldade para definir o lateral-esquerdo titular. Cajú e Romário não agradaram. Sendo assim, Copete deve ser improvisado no setor nesta quarta-feira.

Com Copete pelo lado esquerdo, a expectativa é que o ataque siga sendo formado por Eduardo Sasha, Arthur Gomes e Gabriel Barbosa, grande esperança da diretoria para que o clube reencontre o bom futebol dos últimos anos.

“Quero ajudar o time, quero ajudar de alguma maneira. Se puder fazer um gol, ficarei muito feliz. Se não, o mais importante é a vitória. Independentemente de quem faça o gol, o mais importante é a vitória”, ressaltou Gabriel, que dos 58 gols pelo Peixe marcou 35 em Urbano Caldeira.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
7ª rodada
Data
14/02/2018
Horário
19h30
Local
Vila Belmiro - Santos (SP)
Árbitro
Vinicius Furlan

Renda
R$ 92.490,00
Assistentes
Vitor Carmona Metestaine e Herman Brumel Vani

Público
4.165 pagantes
Cartões Amarelos
Santos: David Braz
São Caetano: Alex Reinaldo, Chiquinho

Gols
Santos: Lucas Veríssimo 33' 1T, Gabigol 1' 2T
Santos
Vanderlei;
Daniel Guedes, Gustavo Henrique, David Braz e Caju (Arthur Gomes);
Alison, Vecchio (Vitor Bueno) e Jean Mota (Matheus Jesus);
Gabriel Barbosa, Eduardo Sasha e Copete.
Técnico: Jair Ventura
São Caetano
Helton Leite;
Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife;
Esley (Ferreira), Diego Rosa (Rafael Costa), Chiquinho e Vinícius Kiss;
Ermínio (Paulo Vinícius) e Marlon.
Técnico: Pintado