Bragantino 1 x 1 Portuguesa - A Lusa foi buscar com apenas 10

E a Portuguesa ainda quase virou o placar num lance polêmico

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 1 (AFI) – Num jogo eletrizante, Bragantino e Portuguesa empataram, por 1 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Nabi Chedi, em Bragança Paulista, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O resultado foi justo e caiu melhor para a Lusa que saiu atrás no placar, escapou de levar o segundo gol de pênalti, defendido por Weverton e buscou o empate com um jogador a menos depois da expulsão de Luís Ricardo.

O resultado foi justo, deixando o Bragantino com quatro pontos e a Portuguesa com cinco pontos. Ambos em posições intermediárias na tabela.

Surpresa inicial
O técnico Jorginho surpreendeu ao deixar o atacante Ananias na reserva, alegando que ele ainda está abaixo do peso ideal. E a Lusa entrou em campo com o meia Raí, tendo apenas Vandinho no ataque. Mas o esquema funcionou bem, tanto que a Lusa criou as melhores chances de gol.

Aos dois minutos, Vandinho, sozinho, tocou para fora. E aos sete minutos faltou malícia para o zagueiro aproveitar o cruzamento e finalizar, sendo interceptado por Éder no momento do chute. E aos 37 minutos, Marcelo Cordeiro, de longe, acertou o travessão defendido por Rafael.

O Bragantino, que teve maior domínio da bola, ainda teve duas boas chances para marcar.Aos 29 minutos, Romarinho cobrou falta pelo alto e Weverton espalmou por cima do travessão. E aos 43 minutos, Paulo Roberto fez bela jogada individual, entrou na área e quase marcou.

Mais na frente
Na volta para o segundo tempo, Jorginho tentou colocar seu time no ataque. Tirou o volante Léo Jaime para a entrada esperada de Ananias. Mas a troca não funcionou. O Bragantino diminuiu os espaços, passou a pressionar e a mandar em campo. Quando Jorginho pensava no que fazer, saiu o gol do time casa. Pelo lado direito, Paulo Roberto cruzou e Giancarlo desviou de cabeça, 1 a 0, aos 20 minutos.

A supremacia era tanta que o Bragantino ainda desperdiçou um pênalti, aos 26 minutos. A falta foi cometida por Luis Ricardo, expulso, sobre Léo Jaime. Na cobrança de Romarinho, o goleiro Weverton caiu bem no lado esquerdo e espalmou. No rebote o próprio atacante teve a chance de conferir de cabeça, mas mandou a bola para fora.

Ironia: a virada com 10
Para recompor a sua defesa, Jorginho tirou Raí para a entrada do zagueiro Rogério. Com isso, perdeu força ofensiva e pouco ameaçou a Rafael. Mas numa jogada individual, Ananias empatou aos 36 minutos. Pelo lado esquerdo do ataque, ele passou por três adversários e chutou no canto direito de Rafael.

E o próprio Ananias quase virou o placar aos 40 minutos, quando após cruzamento da direita ele chutou e o goleiro Rafael salvou a bola quase em cima da linha de gol. Nas imagens da televisão ficou a impressão de que saiu o gol, porém, não validado pela arbitragem. Um lance realmente duvidoso.

Em casa e fora
Pela quinta rodada, no sábado, no Canindé, a Portuguesa recebe o Ituano, a partir das 19h30. No domingo, às 17 horas, o Bragantino enfrenta o Corinthians, no Pacaembu.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
4ª rodada
Data
01/02/2012
Horário
19h30
Local
Estádio Nabi Abi Chedid - , em Bragança Paulista (SP)
Árbitro
Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

Renda
R$ 43.436,56
Assistentes
Alberto Poletto Masseira e Alex Alexandrino

Público
2.557 pagantes
Red Bull Bragantino
Rafael;
Júnior Lopes, André Astorga e Luís Henrique;
Victor Ferraz, Éder, Diego Paulista (Fernando Gabriel), Wellington (Paulo Roberto) e Léo Jaime;
Romarinho e Giancarlo (Bruno).
Técnico: Marcelo Veiga.
Portuguesa
Weverton;
Luis Ricardo, Leandro Silva, Renato e Marcelo Cordeiro;
Léo Silva (Ananias), Guilherme, Boquita, Raí (Rogério) e Henrique;
Vandinho (Maylson).
Técnico: Jorginho.