Portuguesa vence Corinthians e leva troféu Dr. Sócrates no Pacaembu

Jogo foi equilibrado, mas Lusa ficou com troféu simbólico

por Agência Estado

São Paulo, SP, 18 (AFI) - No último amistoso de preparação para a estreia no Campeonato Paulista, a Portuguesa derrotou o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira, de muita chuva, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Com todos os titulares no primeiro tempo, as equipes ficaram no empate sem gols. Após o intervalo, com 11 substituições de cada lado, o time do Canindé se deu melhor e venceu com o gol do atacante Rafael Oliveira, aos 29 minutos.

Pela vitória no clássico, a Portuguesa conquistou o troféu Dr. Sócrates, uma homenagem ao ex-jogador do Corinthians e da seleção brasileira nos anos 80, que faleceu no último dia 4 de dezembro em decorrência de uma infecção generalizada causada por cirrose hepática - o ex-jogador chegou a admitir que tinha o vício de ingerir bebidas alcoólicas.

No final de semana, Corinthians e Portuguesa farão as suas estreias no Paulistão. O clube alvinegro jogará neste sábado, às 17 horas, contra o Mirassol, novamente no estádio do Pacaembu. No mesmo dia e horário, a equipe do Canindé jogará em casa contra o Paulista, de Jundiaí.

O jogo
Sob forte chuva, Corinthians e Portuguesa fizeram um jogo bem movimentado no primeiro tempo, mas não saíram do zero no placar. O clube alvinegro começou melhor, teve algumas oportunidades de gol - uma delas com Emerson -, mas deu muito espaço na defesa e sofreu com as bolas enfiadas pelo meio da zaga. Rodriguinho e Vandinho apareceram várias vezes na cara do goleiro Júlio César, porém não conseguiram superá-lo.

Um destes lances gerou muita polêmica. Aos 31 minutos, o atacante Rodriguinho saiu na cara do goleiro corintiano, que não teve outra opção e fez a falta. Os jogadores da Portuguesa pediram pênalti, mas o árbitro Marcelo Rogério marcou a falta fora da área e apenas mostrou o cartão amarelo para Júlio César.

Times reversas
No segundo tempo, como aconteceu no amistoso do Corinthians contra o Flamengo, em Londrina, no último domingo, os dois times trocaram todos os 11 jogadores. Com um pouco mais de entrosamento, a Portuguesa foi melhor e criou várias chances de gol. Aos 29 minutos, saiu o gol. Após jogada pela esquerda, Wilson Júnior recebeu dentro da área e tentou o giro. A bola correu livre para a segunda trave e Rafael Oliveira só teve o trabalho de tocar para o gol.

Na sequência da abertura do placar, só deu Corinthians. O time alvinegro foi todo para frente e criou inúmeras oportunidades de conseguir o empate. Em uma delas, o meia Vítor Júnior - um dos reforços que entrou em campo, assim como Gilsinho (atacante) - acertou um forte chute na trave direita de Rodrigo Calaça. Em outra, o mesmo corintiano bateu falta no ângulo esquerdo e o goleiro da Portuguesa espalmou para escanteio. No fim, o centroavante Bill teve sua chance, mas a bola parou nas mãos do arqueiro adversário.

Ficha Técnica

Corinthians 0 x 1 Portuguesa

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).
Renda - Não disponível.
Público - 10.593 pagantes.
Árbitro - Marcelo Rogério (SP).
Cartões amarelos - Ramon e Júlio César (Corinthians); Rogério (Portuguesa).
Gol - Rafael Oliveira, aos 29 minutos do segundo tempo.

Corinthians - Júlio César (Danilo Fernandes); Alessandro (Welder), Paulo André (Chicão), Leandro Castán (Wallace) e Fábio Santos (Ramon); Ralf (Edenílson), Paulinho (Ramires) e Danilo (Vítor Júnior); Willian (Gilsinho), Elton (Bill) e Emerson (Jorge Henrique). Técnico: Tite.

Portuguesa - Weverton (Rodrigo Calaça); Luís Ricardo (Ivan), Leandro Silva (Rogério), Renato (Diego) e Marcelo Cordeiro (Raí); Boquita (Gustavo), Léo Silva (Bruninho), Henrique (Maylson) e Edno (Jean Mota); Vandinho (Rafael Oliveira)(Fabrício) e Rodriguinho (Wilson Júnior). Técnico: Jorginho.

 
 
" />