Catanduvense 1 x 1 Palmeiras - Empate com toque de Davino

Tática de Roberval Davino, na Catanduvense, segurou o Palmeiras

por Agência Futebol Interior

Catanduva, SP, 29 (AFI) – Reconhecer as suas próprias limitações é uma virtude. E o técnico Roberval Davino fez disso o trunfo para empatar com o Palmeiras, por 1 a 1, neste domingo à tarde, no Estádio Silvio Salles, em Catanduva, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Ele armou seu time na defesa, segurou o adversário e num pênalti quase conseguiu a sua primeira vitória na temporada.

Os gols saíram no segundo tempo. Osny, de pênalti, com categoria, deslocou o goleiro Deola, aos 29 minutos. No desespero, o Palmeiras correu atrás do prejuízo e empatou, aos 38 minutos, com Fernandão, de cabeça, desviando o escanteio de Marcos Assunção.

O resultado foi justo. A Catanduvense tem dois pontos, ainda na zona de queda, enquanto o Palmeiras soma cinco pontos, dentro da zona de classificação.

Técnico inteligente
Davino armou seu time com apenas um atacante – Alemão. Congestionou o meio-campo e reforçou a marcação. E não se intimidou com isso.

“Vamos manter a mesma filosofia de jogo, agrupando bem os jogadores, com aproximação e toque de bola. Mas vamos, do mesmo jeito, fortalecer a marcação”, argumentou Davino.

O primeiro tempo foi equilibrado. Apesar do maior domínio de jogo do Palmeiras, principalmente pelas arrancadas de Maikon Leite, o time da casa não correu riscos de sofrer o gol.

Traves em campo
No segundo tempo, o jogo melhorou. As chances, porém, começaram a sair em cobranças de falta. Alemão, do time da casa, acertou a trave aos 10 minutos. Marcos Assunção mandou a bola no travessão, aos 15 minutos. Ele depois exigiu grande defesa de João Paulo, aos 19 minutos, naturalmente, em cobrança de falta.

E a história começou a mudar aos 28 minutos, quando o zagueiro Leandro Amaro ajeitou a bola, que desviou no gramado irregular, com o braço. Pênalti, bem anotado. Na cobrança, Osny caprichou e abriu o placar. Mas o Palmeiras empatou com Fernandão, de cabeça, aps 38 minutos, após cobrança de escanteio de Marcos Assunção. Foi o placar mais justo.

Próximos jogos
Pela quarta rodada, na quarta-feira, o Palmeiras vai receber o Mogi Mirim, às 21h50, em São Paulo. De outro lado, o Catanduvense vai sair contra o Comercial, às 19h30, em Ribeirão Preto.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
3ª rodada
Data
29/01/2012
Horário
17h00
Local
Estádio Sílvio Salles, em - Catanduva (SP)
Árbitro
Luiz Vanderlei Martinucho

Assistentes
Daniel Paulo Ziolli e Mauro André de Freitas

Catanduvense
João Paulo;
Lorran, Cleber, Ednei e Anderson Paim;
Fabinho Carioca, Du, Ricardo Oliveira, Washington (Sidraílson) e Alex Wilian (Johnson);
Alemão (Osny).
Técnico: Roberval Davino
Palmeiras
Deola;
Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Juninho;
Marcos Assunção, Márcio Araújo e Daniel Carvalho (Patrick);
Maikon Leite (Fernandão), Luan (Pedro Carmona) e Ricardo Bueno
Técnico: Flávio Murtosa (interino)