Oeste 3 x 0 Ponte Preta - Rubrão é o campeão do Interior de 2011

O atacante Anselmo Ramon marcou dois gols e Fernandinho completou

por Agência Futebol Interior

Itápolis, SP, 07 (AFI) - A Ponte Preta viu o sonho do bicampeonato do Título do Interior ir por água abaixo na noite deste sábado, ao perder para o Oeste, por 3 a 0, no Estádio dos Amaros, pela partida de volta da final. No jogo de ida, disputado quarta-feira, em Campinas, a Ponte venceu por 2 a 1. Portanto, poderia atuar até pelo empate, mas levou um "baile" do campeão. O grande nome da decisão foi o atacante Anselmo Ramon, autor de dois gols rubronegros - o outro foi da revalação Fernandinho.

Essa é a primeira vez que o Oeste conquista o Título do Interior. No ano passado, chegou a semifinal, perdendo para o São Caetano. Enquanto isso, a Macaca perdeu a chance de ser bicampeã do Interior, pois já havia conquistado o troféu em 2009, ao bater o Grêmio Barueri, hoje Grêmio Prudente, na decisão.

Além do título, o Rubrão também ficou com o prêmio da Federação Paulista de Futebol (FPF). O campeão leva R$ 250 mil, enquanto o vice tem direito a R$ 100 mil.

Muita emoção...
Depois de perder em Campinas, por 2 a 1, o Oeste precisava vencer por pelo menos um gol de vantagem para levar a decisão para os pênaltis e quase abriu o placar logo no primeiro minuto. Fernandinho cobrou falta e Paulo Miranda desviou de cabeça. Bruno estava atento e saltou para fazer uma defesa espetacular. A bola tocou na trave e saiu pela linha de fundo. A resposta da Macaca veio na sequência.

Rômulo dominou dentro da pequena área e rolou para trás. Válber chegou batendo de primeira e Fábio salvou com os pés. Bastante criticado nas últimas partidas, o goleiro pontepretano voltou a fazer boa defesa aos oito minutos, quando Fernandinho arriscou de longe e acertou um forte chute. Na sequência, Anselmo Ramon tocou de cabeça para Roger, que chegou batendo de primeira e mandou por cima do gol.

Aos 23 minutos, Anselmo Ramon passou para Roger, que invadiu a área e soltou a bomba. A bola bateu nas duas traves e sobrou nos pés do atacante, que bateu para mais uma boa defesa de Bruno. Melhor em caso, o Oeste criou mais uma boa oportunidade. Dedê bateu cruzado e ninguém desviou. A bola acabou sobrando para o zagueiro Rafael Caldeira, que chutou de virada o goleiro pontepretano espalmou pela linha de fundo.

Após um começo bastante movimentado, o jogo caiu um pouco de produção nos últimos minutos e os dois times pararam de chegar com perigo. A Macaca recuou, mostrando preocupação com a pressão do Oeste e passou a apostar no contra-ataque. Na última oportunidade, Márcio Passos bateu rasteiro e Bruno deu rebote. Quase que Anselmo Ramon chegou para concluir.

Artilheiro resolve para o Rubrão
Na volta do intervalo, o Oeste assutou antes mesmo do primeiro minuto. Roger bateu de longe e Bruno se atrapalhou para fazer a defesa, mas a bola foi para escanteio. Aos dois minutos, o time de Itápolis chegou ao tão procurado gol. Márcio Passos cobrou falta por cima da barreira e o goleiro pontepretano fez boa defesa. No rebote, Anselmo Ramon teve apenas o trabalho de completar para o fundo das redes.

Na sequência, a zaga da Ponte afastou mal e Adriano Alves pegou o rebote, batendo de primeira para mais uma boa defesa de Bruno. A resposta do time campineiro veio aos 15 minutos. Tiago Luís deixou dois marcadores para trás, puxou para o meio e bateu com força, por cima do gol. Depois, o volante Josimar arriscou de longe e Fábio fez a defesa.

O Oeste chegou ao segundo gol em um lindo lance de Anselmo Ramon. O atacante driblou Leandro Silva, deixou para trás Mancuso e bateu da entrada da área, sem chances para Bruno. Aos 28, Ricardo Jesus rolou para trás e Eduardo Arroz chegou batendo de primeira, mas Fábio estava atento e fez boa defesa. Na sequência, o Rubrão perdeu uma grande chance de definir a partida.

O time de Itápolis desceu com velocidade no contra-ataque e Anselmo Ramon deu grande assistência para Roger, que dominou e bateu para mais uma boa defesa de Bruno. Aos 39 minutos, os dois times tiveram jogadores expulsos. Roger e Guilherme se desentenderam e deixaram o campo mais cedo. No último lance de perigo, Leandro Silva recuou mal e a bola sobrou livre para Reinaldo, que passou por Bruno e bateu para o gol aberto, acertando a trave.

Ficha Técnica

Oeste 3 x 0 Ponte Preta

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis-SP
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Mário Nogueira da Cruz e Mauro André de Freitas
Cartões Amarelos: Fernandinho, Anselmo Ramon, Márcio Passos e Rafael Caldeira (Oeste); Xaves, Leandro Silva, Wellington e Ferron (Ponte Preta)
Cartões Vermelhos: Roger (Oeste); Guilherme (Ponte Preta)
Gols: Anselmo Ramon aos 2’/2T e aos 23’/2T e Fernandinho aos 47’/2T (Oeste)

Oeste
Fábio; Cris, Paulo Miranda e Rafael Caldeira (Reinaldo); Dedê, Adriano, Márcio Passos, Roger e Fernandinho; Mazinho (Alex Willian) e Anselmo Ramon.
Técnico: Luís Carlos Martins.

Ponte Preta
Bruno; Guilherme, Ferrón, Leandro Silva e João Paulo; Josimar, Xaves (Mancuso), Válber e Renatinho (Ricardo Jesus); Tiago Luís e Rômulo (Eduardo Arroz).
Técnico: Gilson Kleina.

Ficha Técnica

Fase
Final Título do Interior
Rodada
2ª rodada
Data
07/05/2011
Horário
18h30
Local
- Itápolis (SP)
Árbitro

Assistentes

Oeste
Técnico:
Ponte Preta
Técnico:
 
 
" />