Oeste 4 x 0 Noroeste - Rubrão goleia, se garante no G8 e afunda rival

O Norusca segue na zona de rebaixamento e pode perder mais posições

por Agência Futebol Interior

Itápolis, SP, 26 (AFI) – Mesmo debaixo de muito calor e com um segundo tempo fantástico, o Oeste goleou o Noroeste no clássico realizado neste sábado, por 4 a 0, no Estádio dos Amaros, pela 16ª rodada do Campeonato Paulista. O resultado garante o time de Itápolis no grupo dos oito melhores pelo menos até o próximo final de semana, já que não pode mais ser ultrapassado pelo São Caetano.

O Rubrão chegou aos 24 pontos e subiu para a sétima colocação, passando o Paulista, que entra em campo apenas no domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas. Por outro lado, o Norusca viu sua situação ficar bastante complicada e segue na zona de rebaixamento, com 14 pontos, na 17ª colocação, mas pode cair mais na tabela no complemento da rodada.

O Noroeste errou muito na montagem do time com o gerente Beto e o treinador Luciano Dias (foto) - (ambos que também levaram o Guarani ao rebaixamento em 2009) e, até melhorou com o treinador Lori Sandri, mas com um elenco mal montado, fraco e limitado, tende mesmo a voltar para a A2. Depois do vexame, o experiente Lori Sandri entregou o cargo.

Rubrão “acha” gol no final
Querendo se manter entre os oito melhores colocados, o Oeste partiu para cima e criou a primeira chance logo no primeiro minuto, quando Fábio Santos recebeu dentro da área e bateu forte, para boa defesa de André Luís, que espalmou pela linha de fundo. A resposta do Norusca veio na sequência. Vandinho escapou pela direita e rolou para Gleidson, que chegou batendo de primeira. A bola desviou em Adriano e saiu pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Da Silva cabeceou no meio do gol e Fábio fez segura defesa.

O jogo começou bastante aberto e o Noroeste assustou aos sete minutos. Vandinho arriscou da entrada da área e a bola passou raspando a trave de Fábio. Devido ao forte calor, os times diminuíram um pouco o ritmo e o Oeste pouco conseguia chegar. Aos 25 minutos, Vandinho chutou forte para mais uma defesa do goleiro adversário. O atacante voltaria a assustar na sequência, quando bateu falta de longe e mandou para fora.

O Norusca era melhor em campo e criava os principais lances pela direita. Márcio Gabriel fez boa jogada pela linha de fundo e bateu cruzado, mas não apareceu ninguém para completar. Aos 37 minutos, Vandinho avançou sem marcação e chutou forte no meio do gol. Mesmo assim, Fábio teve dificuldades e deu rebote. A resposta do Oeste veio logo na sequência, com Anselmo Ramón batendo para fora. No entanto, o atacante não desperdiçou aos 46. Dedê cruzou para a área e Anselmo Ramón se antecipou ao zagueiro e mandou para o fundo do gol, abrindo o placar.

Virou goleada
O Noroeste voltou do intervalo querendo chegar ao empate, mas viu sua situação se complicar ainda mais logo aos seis minutos. Roger recebeu na entrada da área, deu um lindo corte no zagueiro e tocou na saída de André Luís, marcando um golaço. No minuto seguinte, Gleidson cobrou falta para a área, Matheus desviou de cabeça e Fábio fez linda defesa. No rebote, o sistema defensivo do Rubrão aliviou o perigo. Porém, quem balançou as redes novamente foi o Rubrão, praticamente liquidando a partida.

Três minutos depois, Roger fez boa jogada individual dentro da área e rolou para Fábio Santos, que bateu de primeira e contou com uma falha do goleiro André Luís, que não conseguiu fazer a defesa. Na sequência, Aleílson foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. No entanto, Zé Carlos bateu mal e mandou para fora, perdendo a chance de diminuir o placar.

Como quem não faz toma, o Noroeste levou o quarto aos 19 minutos. Roger deu grande lançamento para Anselmo Ramon, que tocou por cima do goleiro André Luís e acabou com todas as pretensões do adversário na partida. Irritado com a goleada que vinha sofrendo, o lateral Gleidson deu uma forte entrada em Fábio Santos e foi expulso. Depois, o tempo fechou e o árbitro acabou mostrando o cartão vermelho para o volante Júlio Cesar.

Com dois homens a menos, o Noroeste entregou o jogo e pouco criou até o apito final, ficando apenas tocando a bola em seu campo. Já o Oeste tinha muitos espaços e contava com o apoio de seus torcedores, que gritavam olé a cada toque. Aos 42 minutos, Anselmo Ramón aproveitou cruzamento e pegou de primeira, mas mandou por cima do gol.

Próximos jogos
Os dois times entram em campo no próximo sábado, pela 17ª rodada do Paulistão. O Oeste enfrenta o Ituano, às 16 horas, no Novelli Júnior, enquanto o Noroeste terá pela frente a Portuguesa, no mesmo horário, no Estádio do Canindé.

Ficha Técnica

Oeste 4 x 0 Noroeste

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis-SP
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alberto Poletto Masseira
Cartões Amarelos: Léo Salino e Márcio Carioca (Oeste); Matheus, Zé Carlos e Júlio Cesar (Noroeste)
Cartões Vermelhos: Gleidson e Júlio Cesar (Noroeste)
Gols: Anselmo Ramón aos 46’/1T e aos 19’/2T, Roger aos 6’/2T e Fábio Santos aos 9’/2T (Oeste)

Oeste
Fábio; Dedê, Rafael Caldeira, Paulo Miranda e Fernandinho; Adriano, Léo Salino (Marino), Márcio Carioca e Roger (Mazinho); Anselmo Ramon e Fábio Santos (Alex William).
Técnico: Luís Carlos Martins.

Noroeste
André Luis; Matheus, Da Silva (Hernane) e França; Márcio Gabriel, Tiago Ulisses, Julio César, Victor Junior e Gleidson; Vandinho (Aleílson) e Diego (Zé Carlos).
Técnico: Lori Sandri.

 
 
" />