Mirassol 2 x 1 Ponte Preta - Leão dança o vira sobre a Macaca

O time campineiro saiu na frente, mas Xuxa marcou duas vezes e garantiu o resultado positivo

por Oscar Silva

Mirassol, SP, 16 (AFI) – Em um gramado com muitas poças d'água, devido as fortes chuvas que caíram na cidade, o Mirassol aproveitou melhor as oportunidades e venceu a Ponte Preta de virada, por 2 a 1, no Estádio José Maria de Campos Maia, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

O Leão da Araraquarense somou seus primeiros três pontos no Estadual e se encontra na sétima colocação, junto com os adversários que venceram suas partidas. Enquanto isso, a Macaca está em 13ª lugar, sem nenhum ponto conquistado.

Chuva prejudica o espetáculo
Depois de muita chuva em Mirassol, o gramado do Estádio José Maria de Campos Maia estava bastante alagado e com muitas poças d’água, o que atrapalhou algumas chances de gol. Aos três minutos, Marcelinho tentou o passe para Wellington Amorin, que acabou furando e perdendo uma boa oportunidade. Na sequência, Renatinho deu grande passa para João Paulo, que dominou e invadiu a área, mas Fernando Leal estava atento e ficou com a bola.

A Macaca era melhor no jogo e criava as principais chances pelo lado esquerdo, com os habilidosos Renatinho e João Paulo. No entanto, o estado do gramado acaba prejudicando o toque de bola. Já o Mirassol apostava em Xuxa e no experiente Wellington Amorin. Nenhum dos dois times chutava bola no gol e apostavam em cruzamentos para dentro da área.

Na primeira grande chance do jogo, o Mirassol quase abriu o placar. Wellington Amorin recebeu passe de Samuel, virou sobre Diego Jussani e bateu alta, mas o goleiro Bruno estava atento e fez boa defesa, espalmando para a linha de fundo. Aos 32 minutos, Xaves perdeu a bola no meio-campo e Xuxa carregou até a entrada da área, quando arriscou e mandou por cima do gol. A Macaca finalizou pela primeira vez no minuto seguinte.

Dezinho afastou mal e sobrou para o zagueiro Diego Jussani, que bateu de primeira, mas a bola acabou desviando na zaga adversária e foi pela linha de fundo, assustando o goleiro Fernando Leal. Na sequência, Xuxa bateu cruzado e a bola passou por todo mundo, sobrando para Marcelinho, que completou de carrinho e acertou a trave, perdendo a melhor chance do primeiro tempo até o momento.

Melhor em campo, o Leão da Araraquarense quase abriu o placar aos 36. Dezinho fez grande jogada pela direita e cruzou. Marcelinho pegou de primeira e mandou por cima do gol de Bruno.

Começo eletrizante
Logo na volta do intervalo, a Ponte Preta começou em cima e abriu o placar logo aos dois minutos. João Paulo cobrou escanteio na primeira trave e o zagueiro Leandro Silva subiu mais que todo mundo, cabeceando para o fundo do gol, sem chances para Fernando Leal. Atrás do marcador, o Mirassol exerceu uma pressão sobre o time alvinegro em busca do empate.

A alegria da Macaca durou pouco. Logo aos cinco minutos, Marcelinho cobrou falta e a zaga afastou mal. A bola acabou sobrando para Xuxa, que bateu de primeira, sem chances para o goleiro Bruno. Na sequência, Marcelinho arriscou de fora da área e a bola acabou saindo por cima do gol.

Aos 20 minutos, Gerson avançou com liberdade e arriscou de fora da área, mas acabou pegando mal e a bola saiu ao lado do gol de Fernando Leal. Na sequência, Magal fez grande jogada individual e deixou Marcelinho na cara do gol. No entanto, o atacante parou em grande defesa de Bruno, que espalmou para escanteio e salvou a Macaca. O time campineiro quase voltou a ficar na frente aos 28, quando Renatinho ia marcando um golaço.

O goleiro Fernando Leal saiu jogando errado e jogou a bola nos pés de Renatinho, que dominou no meio-campo e bateu com força. No entanto, o número 1 do Mirassol acabou se redimindo e fazendo boa defesa, espalmando para escanteio. Na sequência, Wanderley tocou para Rômulo, que bateu de virada e a bola passou raspando a trave adversária.

Mais chances e virada do Leão
Também em busca do resultado positivo, o Mirassol assustou aos 30 minutos. Marcelinho fez grande jogada individual, foi até a linha de fundo e cruzou. Na tentativa de tirar o perigo, o zagueiro Leandro Silva quase marcou gol contra. No entanto, a estrela do meia Xuxa voltou a brilhar no lance seguinte. Marcelinho ajeitou para o camisa 10, que teve tempo de dominar e bater no canto de Bruno, que pulou e não alcançou.

O Mirassol perdeu grande chance de liquidar o jogo aos 43 minutos. Xuxa avançou com velocidade, passou pelo zagueiro Luciano Castán e bateu na saída de Bruno, que fechou bem o ângulo e fez linda defesa.

Próximos jogos
Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O Mirassol terá pela frente o Santos, às 19h30, no Pacaembu, enquanto a Ponte Preta recebe o Mogi Mirim, às 17 horas, no Estádio Moisés Lucarelli.

Ficha Técnica

Mirassol 2 x 1 Ponte Preta

Local: Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol-SP
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Marco Antônio Monteiro Bagatella e Mauro André de Freitas
Público: 1.523 pagantes
Renda: R$ 18.364
Cartões Amarelos: Esley (Mirassol); Gil e Xaves (Ponte Preta)
Gols: Xuxa aos 5’ e aos 31'/2T (Mirassol); Leandro Silva aos 2'/2T (Ponte Preta)

Mirassol
Fernando Leal; Samuel (Luiz Henrique), Gustavo Bastos, Dezinho e Renato Peixe (Diego); Magal, Jairo, Esley e Xuxa; Marcelinho (Vitor Palito) e Wellington Amorim.
Técnico: Ivan Baitello.

Ponte Preta
Bruno; Leandro Silva, Diego Jussani (Gil) e Luciano Castán; Amaral (Wanderley), Xaves, Josimar, Gerson e João Paulo; Renatinho e Rômulo (Charles).
Técnico: Gilson Kleina.

 
 
" />