Seleção do Paulistão em campo com Robinho e mais dez. Veja!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - A 12.ª rodada do Campeonato Paulista teve 33 gols marcados, média de 3,3 por partida. O líder segue sendo o Santos, enquanto que Santo André, Botafogo e São Paulo completam a lista dos times que se classificariam às semifinais no G4. Agora, quem pede passagem é a Seleção FI, que traz um ataque com três artilheiros, sob o comando do reizinho, Robinho (foto).

Confira os craques da 12.ª rodada:

Goleiro: Neneca (Oeste) - O arqueiro do time do interior fez defesas sensacionais, além de travar um duelo à parte com o atacante Washington. Pelo placar em branco não é dificil advinhar quem levou a melhor em mais um duelo pelo Paulistão.

Lateral-direito: Alex Silva (Mirassol) - O lateral foi bastante eficiente nas chegadas ao ataque do Leão da Araraquarense. Alex Silva esteve por todo o campo, ora marcando ou ora atacando. Não largou um segundo sequer o marcador livre.

Zagueiro: Marcelo Batatais (São Caetano) - O zagueiro marcou um dos gols nba vitória do Azulão. Experiente, Batatais mostrou estar em boa fase pelo time do Grande ABC, que está fazendo uma bela campanha no Paulistão. Com Batataia na marcação não tem perigo ao gol de Luiz.

Zagueiro: Diego (Ponte Preta) - O jovem mostrou muita maturidade em sua estreia no Paulistão. Apesar de ser apenas o segundo jogo de Diego como profissional, o garoto deixou sua marca em uma bela cobrança de falta. Se continuar assim vai longe.

Lateral-esquerdo: Raí (Mogi Mirim) - O lateral do Sapão da Mogiana marcou o segundo gol do time na vitória diante do Sertãozinho. Raí teve calma para converter a penalidade, que, no final, foi fundamental na conquista dos pontos.

Volante: Wesley (Santos) - O curinga do Peixe. Assim pode ser avaliado Wesley. Sempre que tem oportunidade chega ao ataque, mas também não de descuida com a marcação do time adversário. Diante do Paulista marcou o gol de empate chegando como elemento surpresa.

Volante: Marcos Assunção (Grêmio Prudente) - O articulador das jogadas no time de Presidente Prudente. Aliando experiência com técnica apurada, o veterano tem se transformado no "cara" do Grêmio. Dessa forma, vai conseguir conduzir os mais jovens na disputa pelo Título do Interior.

Meia: Branquinho (Santo André) - O torcedor palmeirense não vai se esquecer tão cedo do meia do Santo André. Ao lado de Rodriguinho, o jogador do Ramalhão calou o Palestra Itália com dribles e jogadas incríveis e que deixaram o torcedor palestrino ainda mais irritado com o elenco.

Atacante: Robinho (Santos) - O atacante santista entrou no segundo tempo diante do Paulista e deitou e rolou. Robinho vinha de uma partida pela Seleção Brasileira fazia pouco mais de 48 horas, além do fuso horário, mas ao entrar em campo nem pareceu sentir a diferença. Resultado: golaço e mais três pontos.

Atacante: Rodriguinho (Santo André) - O artilheiro do Paulistão, com 10 gols, marcou duas vezes diante do Palmeiras. No segundo gol nem se importou que no gol estava Marcos, pentacampeão com a Seleção Brasileira, e marcou de letra. Assim, o jovem vai despontar em um grande clube no segundo semestre.

Atacante: Heverton (Portuguesa) - O goleador da Lusa voltou a mostrar que sabe como fazer quando tem a bola nos pés. Heverton marcou duas vezes na vitória do time do Canindé diante do Rio Claro e manteve a Portuguesa na disputa pela vaga na semifinal.

Técnico: Sérgio Soares (Santo André) - Apesar de ser um treinador limitado, Sérgio Soares tem se mostrado um técnico sortudo. Está sendo assim no Paulistão, pois diante do Palmeiras chegou a sua sexta vitória seguida, ficando atrás somente do Santos, que soma nove consecutivas, e foi justamente o último time a bater o Ramalhão.