Rio Claro 1 x 0 Palmeiras - Bye Bye zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Rio Claro, SP, 28 (AFI) – Na estreia de Agnaldo Liz diante seu torcedor, o Rio Claro venceu o Palmeiras, por 1 a 0, na noite deste domingo pela décima primeira rodada do Campeonato Paulista, no Estádio Augusto Schmidt Filho, em Rio Claro. Osny marcou o gol solitário da partida.

Leia mais:
Prudente 3 x 1 Ponte Preta - Valeu reabilitação no Paulistão

Com o resultado, o Rio Claro subiu para 10 pontos na décima sexta posição, saindo da zona de rebaixamento, quem cai para a zona da degola é o Rio Branco que foi derrotado pelo Ituano, no último sábado.

Já o Palmeiras, se ficou mais distante da vaga nas semifinais do Campeonato Paulista. O time permanece em oitavo, com dezesseis pontos, quatro a menos que o quarto colocado São Paulo.

Início bom
Embalado pela classificação para a próxima fase da Copa do Brasil, o Palmeiras, ignorou o gramado encharcado no estádio Augusto Schmidt Filho, em Rio Claro e começou a partida com mais posse de bola e criando as chances de gol mais perigosas.

A primeira veio com Robert, Diego Souza recuperou bola no meio de campo, e tocou para o atacante, que entrou na área e chutou cruzado. A bola passou foi pelo lado esquerdo levando perigo ao gol de Sidney, do Rio Claro.

Quatro minutos depois, Wendel foi até a linha de fundo e cruzou para a área, a defesa do Rio Claro afastou mal e a bola acabou sobrando para Lenny, de costas para o gol, tentar completar de calcanhar, sem levar muito perigo ao gol do time da casa.

Após os 15 primeiros minutos, em que o Palmeiras pressionou, o Rio Claro passou a equilibrar a partida, inclusive criando as chances mais perigosas de gol. A primeira veio com Osny que desviou cruzamento da direita, exigindo boa defesa do goleiro Marcos.

Chuva de gols perdidos
Mesmo com o Rio Claro equilibrando a partida, o Palmeiras teve duas oportunidade de abrir o marcador. Primeiro, Wendel cruzou na área e Robert cabeceou a queima-roupa, exigindo ótima intervenção do goleiro Sidney.

Depois na chance mais clara do primeiro tempo. Souza arriscou de fora da área. A bola bateu na trave e sobra na pequena área para Cleiton Xavier, que chuta de perna esquerda e isola. chuta de fora da área. A bola bate na trave e pinga na pequena área, porém, Souza isola. Perdendo grande chance de abrir o placar.

Quem não faz...
Vendo o ataque palmeirense perder boas oportunidades no ataque, o atacante Osny resolveu mostrar como se aproveita uma boa chance. Ele recebeu lançamento pelo lado direito, venceu Souza na corrida e chutou entre a trave e o canto direito de Marcos, abrindo o placar em Rio Claro.

Mesmo Ritmo
O Rio Claro começou o segundo tempo com o mesmo ímpeto do final da primeira etapa. Em dois vacilos da defesa, quase o time da casa amplia o marcador. Logo a um minuto, Souza cabeceou contra o patrimônio, exigindo boa defesa de Marcos.

Dois minutos depois, Danilo foi tentar sair jogando e perdeu a bola na pequena área para Henrique, que acertou a o chute na trave.

O Palmeiras não deixou barato e respondeu logo em seguida. Diego Souza fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Lenny, que de primeira tentou surpreender Sidney. Mas o atacante tirou muito do gol e a bola acabou indo para fora e tirando tinta do poste esquerdo do time de Rio Claro.

Antonio Carlos tentou dar mais velocidade ao time palmeirense com a entrada de Marquinho, Ivo e Willian, mas o gramado pesado do Schmidtão e a boa estratégia defensiva imposta por Agnaldo Liz, treinador do Rio Claro, impediram qualquer mudança no placar.

Próximos jogos
O Rio Claro volta a campo nesta quarta-feira contra a Portuguesa, fora de casa, às 19h30. Já o Palmeiras joga no mesmo dia, porém um pouco mais tarde, às 21h50, contra o Santo André no Palestra Itália.

Ficha técnica

Rio Claro 1 x 0 Palmeiras

Local: Estádio Augusto Schmidt Filho
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões Amarelos: Diego Perini, Walker (Rio Claro); Eduardo, Léo (Palmeiras)
Gols: Osny, aos 34’/1T

Rio Claro
Sidney; Luciano,Odair e Willian Alves; Murilo, Walker, Diego Perini (Neno), Danilo Avelar e Henrique (David); Jackson (Edu Salles) e Osny
Técnico: Agnaldo Liz

Palmeiras
Marcos; Wendel (Willian), Léo, Danilo e Eduardo; Edinho, Souza (Ivo), Cleiton Xavier, Diego Souza; Lenny (Marquinhos) e Robert
Técnico: Antonio Carlos Zago