Segundona: No Pedrão, Bandeirante defende tabu de 30 anos contra Tanabi

BEC e TEC fazem parte do Grupo 1 ao lado de AEA-Araçatuba, América e Andradina

por Luiz Carlos Éden

Sorocaba, SP, 17 (AFI) - Bandeirante e Tanabi medirão forças, às 11 horas, deste domingo (18/10), no Estádio Municipal Pedro Marin Berbel, o Pedrão, em Birigüi, pela primeira rodada da primeira fase do Campeonato Paulista Segunda Divisão Sub-23, popular Segundona ou Bezinha, a quarta divisão estadual. As duas equipes fazem parte do Grupo 1 ao lado de AEA-Araçatuba, América e Andradina.

O BEC, o Tricolor de Birigui, tenta esquecer a competição do ano passado, quando não passou da primeira fase. O Leão da Noroeste ficou na 6ª colocação do Grupo 1, com 11 pontos conquistados em 12 jogos, média de apenas 30.6% de aproveitamento. O José Bonifácio fechou o G4 da chave, com 17 pontos e avançou.
Bandeirante tem uma boa organização em Birigui
Bandeirante tem uma boa organização em Birigui

RETORNO OFICIAL
Já para o Tanabi Esporte Clube-TEC, a partida marca seu retorno às competições oficiais depois de 4 anos de inatividade. A última participação do Índio da Noroeste foi pela segunda fase da Bezinha 2016, quando ficou zerado na lanterna do Grupo 8.

Esta chave que era composta por Desportivo Brasil, Portuguesa Santista e Tupã FC. Sua despedida dos gramados foi melancólica, sendo o Alviverde tanabiense massacrado pelo Desportivo Brasil por 8 a 1, em Porto Feliz.

Campeão da Copa Paulista de 2001, o Bandeirante EC vem para sua 8ª temporada na quarta divisão, desde que foi rebaixado da Série A3 (terceira divisão) em 2010. Já o Tanabi EC participou da Terceirona pela última vez em 1994, tendo sido seu grande feito o vice campeonato paulista pela extinta Série B3 (sexta divisão) de 2003.

TABU LONGO

Como mandante, o Bandeirante não perde para o Índio da Noroeste há 30 anos. A última derrota para o Tanabi no Pedrão, foi por 3 a 2, pelo Campeonato Paulista da Divisão Especial (Série A2) de 1990. Desde então, eles se enfrentaram mais sete vezes em Birigui, com três vitórias dos donos da casa e quatro empates.

HÁ QUATRO ANOS

No último confronto, eles empataram por 1 a 1, no Estádio Prefeito Alberto Victolo, na cidade de Tanabi, partida valida pela 14ª rodada da primeira fase, Grupo 2, da Segundona de 2016.