Em crise por falta de pagamento de salários, time da Segundona troca de técnico

Luiz Carlos Cavalheiro foi substituído por Felipe Freitas, que vinha dirigindo o Sub-20 do União Suzano

por Agência Futebol Interior

Suzano, SP, 03 (AFI) - Classificado para a segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o União Suzano parece viver uma crise sem fim. Nesta quarta-feira, o clube suzanense confirmou mudança de técnico: Luiz Carlos Cavalheiro foi substituído por Felipe Freitas, que vinha dirigindo o Sub-20.

O antigo treinador alegou falta de pagamento de salários para deixar o Javali das Palmeiras. Os atrasos já seriam de cerca de dois meses. Além disso, a alimentação estaria sendo um problema - estariam sendo oferecidas apenas três refeições; em dias de folga, não haveria café da manhã.

Apesar de estar bem em campo, o União Suzano parece viver uma crise financeira sem fim
Apesar de estar bem em campo, o União Suzano parece viver uma crise financeira sem fim
MAIS DETALHES DA CRISE
O Sindicato dos Atletas de São Paulo (Sapesp) recebeu, na manhã de terça-feira, 14 atletas do União Suzano, alegando atraso no pagamento do direito de imagem, más condições de trabalho e falta de alimentação. Por conta disso, existe a possibilidade a equipe suzanense dar WO durante a segunda fase.

COMO É?
As 24 equipes que continuam na Segundona foram divididas novamente em seis grupos de quatro integrantes e jogarão em turno e returno. Após seis rodadas, os dois melhores de cada chave e os quatro melhores terceiros colocados gerais avançam à terceira fase, que terá quatro grupos de quatro. O União Suzano está no Grupo 11, ao lado de Tupã, Catanduvense e Paulista.