Segundona: Técnicos opinam sobre equilíbrio e liderança compartilhada no Grupo 1

Com 13 pontos, Andradina, Fernandópolis e Tupã dividem a liderança nesta primeira fase

por Federação Paulista (FPF)

Campinas, SP, 17 - Após metade dos confrontos da primeira fase disputados, o Grupo 1 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão se estabelece como o grupo com maior equilíbrio da competição. Separados pelos critérios de desempate, Andradina, Fernandópolis e Tupã disputam a liderança ponto a ponto nas próximas rodadas.

Durante a sétima rodada, os postulantes à classificação conseguiram os resultados para se isolarem dos outros concorrentes. O Fernandópolis se garantiu na primeira colocação – aproveitando a folga do Tupã - com vitória de 4 a 0 sobre o Bandeirante, enquanto o Andradina conseguiu mais uma vitória com o placar de 2 a 1 sobre o América, no estádio Evandro Calvoso.

 Técnicos opinam sobre equilíbrio e liderança compartilhada no Grupo 1
Técnicos opinam sobre equilíbrio e liderança compartilhada no Grupo 1
Junior Paulista, técnico do Fernandópolis, valorizou o equilíbrio do Grupo 1 e apontou o planejamento como fonte da arrancada inicial da competição. “Existe um trabalho conjunto, são jogos parelhos e isso mostra que buscamos fazer bons jogos. Todos têm responsabilidade e querem buscar essa classificação”, disse.

“Esse início tem a ver com nosso planejamento, com a base montada e jogadores que chegaram com possibilidades de atuar. Ficamos felizes com esse rendimento inicial, sabemos que podemos entregar mais e tentaremos conhecer ainda mais nosso potencial”, continuou Junior, que só foi derrotado em virtude de um problema de transporte da equipe que causou um W.O.

Para o comandante do Andradina, André Alves, os primeiros resultados neste returno podem definir a ordem dos classificados. “São três times que realizam grande trabalho. As vitórias pesam neste começo de segundo turno e vamos em busca da vitória. Os confrontos pesados do segundo turno podem decidir muita coisa”, afirma.

Com arrancada de quatro vitórias consecutivas, o treinador segue com desejo de ampliar a sequência para fazer história na competição. “Nosso início não surpreende neste momento. Sabíamos que estávamos preparados para o desafio, com uma base do ano passado, grupo forte, aproximando alguns jogadores das categorias de base. O grupo forte e sempre batemos na tecla de que vamos conseguir”, segue André.

INÍCIO DO RETURNO
A liderança pode ficar isolada nesta rodada. Enquanto o Fernandópolis recebe o José Bonifácio no domingo (19), às 10h, no Cláudio Rodante; o Andradina visita o Tupã nesta sexta-feira (17), às 20h30, no estádio Alonso Carvalho Braga.

Após o primeiro confronto ter ficado no empate em 1 a 1, o técnico do Andradina espera mais um resultado positivo para marcar a sequência. “Apesar das dificuldades que estamos atravessando recentemente (casos de dengue e caxumba), entramos para os confrontos esperançosos e conseguimos o placar que queríamos. Depois de duas vitórias fora de casa, queríamos um bom resultado dentro de casa para marcar essa arrancada e foi possível neste momento. Só a vitória nos interessa”, disse André Alves.

Por outro lado, Junior Paulista se mostra satisfeito com a fase artilheira do Fernandópolis e tenta engatar mais um triunfo para ficar na liderança. “Temos que manter o foco, nada foi conquistado e precisamos da classificação. Temos os pontos que perdemos pelo W.O. e precisamos recuperar. Nosso equilíbrio é fruto do trabalho e estamos felizes na parte ofensiva, marcando gols e não deixando de jogar”, finaliza o técnico do Fernandópolis.