Segundona: Mauaense fecha parceria com time sul-africano e fará intercâmbio de atletas

Além disso, a equipe que busca sair da última divisão estadual está internacionalizando a sua marca ao lado do Jomo Cosmos

por Agência Futebol Interior

Mauá, SP, 13 (AFI) - Focado em deixar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão e buscando alçar voos maiores no futebol brasileiro, Mauaense surpreendeu a todos e fechou na manhã desta quarta-feira (13) uma grande parceria com o Jomo Cosmos Football Club, clube referência em revelar atletas e bastante conhecido na África do Sul.

Nesse primeiro momento, no acordo assinado entre as duas partes, serão feitos alguns intercâmbios de atletas e comissão técnica entre as duas equipes, que consiste em dar mais rodagem para ambos os lados, objetivando a troca de conhecimento e cultura. Inclusive, quatro jovens jogadores africanos já virão para o Brasil para atuar durante a disputa do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, que é uma competição sub 23.

Uma cúpula de quatro diretores do Mauaense viajou para Johanesburgo, que é a maior cidade da África do Sul e também recebeu diversos jogos da Copa do Mundo de 2010, para selar o acordo. São eles: o presidente Marco Antônio Capuno, o Quinho, o executivo de futebol e diretor de Marketing, Will Viana, o diretor de Relações Internacionais, que é ex-jogador do Flamengo e da própria Mauaense, Ademir Chagas, mais conhecido como Bigu e o CEO da parceria Pio Nogueira.

O presidente Marco Antônio Capuno, o Quinho,  ao lado de Ephraim Mitsilela 'Jomo' Sono, dono do Jomo Cosmos
O presidente Marco Antônio Capuno, o Quinho, ao lado de Ephraim Mitsilela 'Jomo' Sono, dono do Jomo Cosmos
Os quatro dirigentes do time paulista participaram ao lado do presidente do Jomo Cosmos, Ephraim Mitsilela 'Jomo' Sono e de outras autoridades africanas, inclusive do ministro de esportes do pais, de uma coletiva de imprensa marcada para a manhã desta quarta-feira na África do Sul, para explicar a todos os rumos da parceria.

ENTENDA A PARCERIA
O presidente do Mauaense, Quinho, fez um breve resumo sobre como será a parceria e também revelou como surgiu a ideia de propor uma parceria para um time sul-africano, que foi aceita prontamente por Jomo Sono.

"A ideia dessa parceria surgiu de uma conversa minha com o Bigu, que jogou com a gente aqui no Mauaense, e também com Pio Nogueira, que mesmo tendo atuado pouco no Brasil foi ídolo do futebol africano. E eles me mostraram a força do futebol sul-africano atualmente. Quando cheguei aqui na África do Sul fui surpreendido pela estrutura do Jomo Cosmos. E, também pelo estilo de jogo e força de vontade de diversos jogadores durante um mero treino. Não pensei duas vezes em propor uma parceria há eles, que foi prontamente atendida", disse o mandatário, que ainda completou.

"Nesse primeiro momento, vamos emprestar alguns jogadores a eles e outros irão para o Brasil, para aprender sobre nosso futebol e quem sabe se desenvolverem ainda mais. Além de compor nosso elenco na Segundona. Tenho certeza que o público de Mauá irá se surpreender com essa parceria".

O executivo de futebol Will Viana falou da importância dessa parceria para crescimento da 'marca' do Grêmio Esportivo Mauaense.

“Estamos estudando os moldes dessa parceria a 2 meses e sabemos que, além do crescimento do nome Grêmio Esportivo Mauaense no cenário do futebol nacional e internacional, vamos ser pioneiros por implantar um novo sistema de parceria, onde tanto o Grêmio Esportivo Mauaense quanto o Jomo Cosmos Football Club colherão muitos frutos a curto e médio prazo”.

NO APOIO
Com muita experiência no futebol da África do Sul, onde atuou por anos, e é ídolo no país até hoje, Pio Nogueira explicou que essa parceria pode ajudar demais os dois clubes no futuro.

"É até difícil explicar em palavras essa parceria, sempre foi algo muito sonhado. Queremos que as duas equipes troquem identidade e cultura futebolística, para todos aprenderem e cresçam com essa troca que será feita".

Por fim, Bigu falou que essa parceria inédita pode levar o Mauaense a vôos bastante altos no futebol brasileiro nos próximos anos.

"Nem mesmo nós esperávamos que essa parceria dessa magnitude iria ser selada dessa forma, pode ter certeza que outras surpresas estão por vir. Vamos levar a Mauaense, passo a passo, com uma estrutura grande, a elite do futebol paulista e brasileiro. Será algo revolucionário, vamos assombrar o Brasil".