Segundona: América é multado e ex-dirigente é punido com trinta dias de gancho

O caso foi julgado pelo TJD-SP na noite dessa segunda-feira na sede da Federação Paulista de Futebol

por Oscar Silva

São José do Rio Preto, SP, 11 (AFI) - Depois de adiar por duas vezes, finalmente o Tribunal de Justiça Desportiva(TJD) da Federação Paulista de Futebol (FPF), julgou na noite desta segunda-feira, o processo 529/18, no qual alguns jogadores e membros da comissão técnica do América foram citados por uma confusão no duelo diante do Bandeirante, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Figuravam como denunciados, o atleta João Victor Cardoso Renanto, o treinador Carlos Donizeti Pereira, o prepador físico Cleber Augusto e o ex-presidente José Carlos Pereira, além da própria agremiação.

América é multado e ex-dirigente é punido com trinta dias de gancho (Foto: Muller Merlotto Silva)
América é multado e ex-dirigente é punido com trinta dias de gancho (Foto: Muller Merlotto Silva)
PUNIDOS

Sendo assim, o ex-treinador do Rubro, Deto Pereira, foi punido com dois jogos de suspensão por invasão de campo e, desrespeito ao árbitro José de Araújo Ribeiro Júnior. O ex-preparador físico americano Cléber Augusto, foi punido com uma partida em tentativa de agressão ao adversário no intervalo da partida.

Já o ex-presidente José Carlos Pereira Neto, o Zé Branco, foi punido com 30 dias de gancho por invasão de campo. Por outro lado o clube não teve seu estádio interditado e foi multado no valor de R$ 1.500,00. O atleta João Victor foi punido com um jogo de suspensão já cumpriu.

 
 
" />