Segundona: Após derrota, cartola invade campo e tenta agredir árbitro no Teixeirão

Árbitro relatou toda a confusão que aconteceu durante e após a vitória do Bandeirante sobre o América, por 3 a 2

por Oscar Silva

São José do Rio Preto, SP, 14 (AFI) - Além da derrota para o Bandeirante, 3 a 2, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o América, poderá sofrer uma grande punição junto ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), da Federação Paulista de Futebol (FPF), pelos atos de indisciplinas, invasão de campo e ameaça à arbitragem.

Segundo a súmula da arbitragem, houve invasão por parte de torcedores e inclusive de membros de diretoria que tentaram agredir a arbitragem após o final do jogo. ( Fotos: Muller Merlotto Silva).

Invasão e tentativa de agressão à arbitragem é registrada no Teixeirão
Invasão e tentativa de agressão à arbitragem é registrada no Teixeirão

Sobrou até para a Imprensa que sofreu tentativa de agressão. Não fosse o rápido trabalho da Polícia Militar a situação poderia ter se complicado. Resta agora a análise da súmula da arbitragem feita por José de Araújo Ribeiro Júnior.

O presidente do América, o popular Zé Branco, teria tentado agredir o árbitro e foi contido pela arbitragem. Pelo menos é o que se vê na súmula, transcrita abaixo.

RELATÓRIO DA ARBITRAGEM
INFORMO QUE AOS 45 3 MINUTOS DE JOGO O SR. DE NÚMERO 15 LUCAS MAURO OLEGARIO DA SILVA DA EQUIPE DO BANDEIRANTE ESPORTE CLUBE ME RELATOU QUE O TREINADOR DA EQUIPE DO AMÉRICA FUTEBOL CLUBE O SR. CARLOS DONIZETTE PEREIRA - RG. 8.252.215-7, FALOU AS SEGUINTES PALAVRAS: " OLHA A SUA COR".

Árbitro conversa com o trio de arbitragem à beira do gramado
Árbitro conversa com o trio de arbitragem à beira do gramado

FATO INFORMADO AOS POLICIAIS DE CAMPO. NENHUM MEMBRO DA EQUIPE DE ARBITRAGEM OBSERVOU O FATO. INFORMO QUE PELO FATO OCORRIDO ACIMA HOUVE UM INÍCIO DE TUMULTO GENERALIZADO NO INTERVALO DA PARTIDA, NESSE MOMENTO O PREPARADOR FÍSICO DA EQUIPE AMÉRICA FUTEBOL CLUBE O SR. CLEBER AUGUSTO - CREF. 007183-G-SP DESFERIU E ATINGIU UM SOCO NO BRAÇO DO TREINADOR DA EQUIPE DO BANDEIRANTE ESPORTE CLUBE O SR. ANDRE LUIS ALVES - RG. 22.072.048-4.

POR ESTA ATITUDE FOI EXCLUÍDO DA PARTIDA. AO TÉRMINO DA PARTIDA O TREINADOR DA EQUIPE AMÉRICA FUTEBOL CLUBE O SR. CARLOS DONIZETTE PEREIRA - RG. 8.252.215-7, ADENTROU AO CAMPO DE JOGO EM DIREÇÃO A EQUIPE DE ARBITRAGEM DIZENDO AS SEGUINTES PALAVRAS:

"EU VOU ACABAR COM A VIDA DE VOCÊS ESPIRITUALMENTE, VOU FALAR COM O MEU PAI DE SANTO, VOCÊS VÃO VER O QUE VAI ACONTECER COM A CARREIRA DE VOCÊS, NUNCA MAIS VOCÊS APITAM AQUI".

SENDO CONTIDO PELO POLICIAMENTO E JOGADORES DE SUA EQUIPE. O MESMO FOI EXCLUÍDO POR ESSE MOTIVO.

INFORMO AINDA QUE AO TERMINO DA PARTIDA HOUVE INVASÃO DE CAMPO, POR TORCEDORES DA EQUIPE AMÉRICA FUTEBOL CLUBE, INCLUSIVE O SEU PRESIDENTE O SR. JOSE CARLOS PEREIRA, O MESMO VEIO EM NOSSA DIREÇÃO DIZENDO AS SEGUINTES PALAVRAS:

"EU VOU ACABAR COM A CARREIRA DE VOCÊS, VOCÊS ESTÃO DE SACANAGEM, SEUS LADRÕES DE BOSTA".

TENTANDO AGREDIR A ARBITRAGEM, SENDO CONTIDO PELO POLICIAMENTO.

Viaturas da Polícia Militar foram chamadas para conter as confusões dentro do Teixeirão
Viaturas da Polícia Militar foram chamadas para conter as confusões dentro do Teixeirão
 
 
" />