Segundona: São José consegue liminar e não precisará mais pagar taxa de policiamento

Economicamente falando, a espera é a de que o clube consiga economizar, no mínimo, 30 mil reais ao longo do estadual

por Agência Futebol Interior

São José dos Campos, SP, 11 (AFI) - Além da liderança isolada do Grupo 4, o São José tem outro motivo para comemorar para a sequência do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Isso por que após uma ação judicial, com liminar deferida em 02 de maio de 2018, o clube fica isento do pagamento das taxas de policiamento nos jogos realizados no Estádio Martins Pereira.

Dr. Adilson da Silva, Presidente do São José Esporte Clube falou sobre a isenção (Foto: São José E.C. divulgação)
Dr. Adilson da Silva, Presidente do São José Esporte Clube falou sobre a isenção (Foto: São José E.C. divulgação)
A taxa em questão já foi reconhecida pelo Tribunal de Justiça como inconstitucional por não se adequar aos preceitos do inciso II do artigo 145 da Constituição Federal.

“O valor da taxa é cobrado de acordo com o público que vai ao estádio, a polícia estabelece o contingente e quanto mais policiais, mais caro é o valor da taxa. Ter conseguido essa liminar é realmente é uma grande notícia para o São José, que agora está desobrigado do pagamento desta despesa”, disse Dr. Natanael Cardoso, diretor jurídico do clube.

Economicamente falando, a espera é a de que o São José consiga economizar, no mínimo, 30 mil reais ao longo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

FOCO NA TABELA E NA SEQUÊNCIA DO ESTADUAL
Com 13 pontos somados em cinco jogos, o São José aparece isolado na liderança da chave - um ponto na frente do Guarulhos que está na segunda colocação. A equipe segue invicta com quatro vitórias e um empate nessas primeiras rodadas. Nesse sábado, a Águia do Vale encara o Paulista, em Jundiaí, às 15h.