Seleção FI da Segundona tem como destaque técnico finalista e artilheiro da competição

O técnco da Seleção FI é João Vallim, finalista da competição ao lado de Índio, técnico do Taboão da Serra.

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) – Terminou neste domingo o Campeonato Paulista da Segunda Divisão 2010. Com os acessos definidos (Velo Clube, Internacional de Limeira, Taboão da Serra, Paulínia e Santacruzense) e a equipe da cidade de Taboão da Serra campeã da competição, o Portal Futebol Interior traz para você a Seleção FI da Segundona deste ano.

O esquema da equipe é o 4-3-3 e têm como destaque atacantes artilheiros, meia guerreiro e zagueiro revelação do Primavera. No comando do time, o técnico do Velo Clube, João Vallim (foto), que conquistou o feito na competição de 15 jogos de invencibilidade.

Confira a Seleção da Segundona 2010:

Goleiro: Diego (Paulínia) – Seguro nos lances, passando confiança aos seus companheiros e demonstrando elasticidade durante toda a competição, o jogador foi um dos destaques do Paulínia na ótima campanha da equipe no acesso para a Série A3 de 2011.

Lateral-direito: Robson Favela (Guaçuano) – O Guaçuano pode não ter feito uma boa campanha na Segundona, porém, vale destacar as brilhantes atuações do lateral Robson Favela. Inteligente e ágil, o jogador se destacou durante as partidas que esteve atuando na competição.

Zagueiro: Sassá (Taboão da Serra) – Uma muralha frente à zaga do atual campeão da Segundona. Seguro nos lances e mostrando determinação durante todo o campeonato, Sassá passou confiança aos seus companheiros e ao seu técnico Índio.

Zagueiro: Gustavo (Primavera) - Depois de três anos com fracas campanhas, o Primavera surpreendeu a todos e ficou entre os oito finalistas da competição. Um dos responsáveis por esta campanha foi Gustavo, zagueiro emprestado pelo Guarani. Firme, seguro e que não brinca em serviço, o jogador também sobe ao ataque com ótimas cabeçadas. Porque o Guarani não aproveita este jogador? Vai entender...

Lateral-esquerdo: Willian (Taboão da Serra) – Velocista e habilidoso, Willian se destacou principalmente na reta final da competição com seus cruzamentos certeiros. Jogador de confiança do técnico Índio, ele também vira um guerreiro na hora de defender o Taboão da Serra no campo de defesa.

Volante: Diogo Kachuba (Santacruzense) – Considerado peça chave no time titular do técnico Lelo, o jogador foi com certeza o “motorzinho” do time de Santa Cruz do Rio Pardo na campanha do acesso. Com agilidade e visão de jogo, Kachuba também deixou o seu gol na competição.

Meia: Cassinho (Paulínia) – Com uma boa movimentação neste setor, o jogador foi responsável em criar as principais jogadas do Paulínia na competição. Demonstrando muita garra, o jogador teve atuações elogiáveis durante todo o campeonato neste ano.

Meia: Reginaldo (Velo Clube) – Jogador que começou a se destacar no esquema tático de João Vallim frente a equipe do Velo Clube. Com uma mentalidade ofensiva, o jogador ajudou o time de Rio Claro a conquistar o acesso e às finais da Segundona.

Atacante: Fernando Russi (Inter de Limeira) – Autor de 14 gols no campeonato, o atacante foi um dos destaques do Leão da Paulista no acesso à Série A3 de 2011. Com muita disposição e faro de gol, Russi já vem a ser uma das esperanças de gol da Inter no próximo ano.

Atacante: Thiago Furtuoso (Velo Clube) – Sem dúvida um dos responsáveis pela brilhante campanha do time Velista na competição. Habilidoso e velocista, o jogador anotou 13 gols na Segundona, se tornando um dos principais artilheiros do campeonato em 2010.

Atacante: Jaílton (Paulínia) – O jogador foi artilheiro da Segunda Divisão do Estadual com 20 gols e ajudou o Paulínia a conquistar o inédito acesso à Série A3. Velocidade, faro de gol e visão de jogo, são fatores que ajudaram Jaílton a se destacar na equipe do interior do Estado.

Técnico: João Vallim (Velo Clube) – Finalista do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o treinador soma em 31 jogos na competição, 19 vitórias, sete empates e apenas cinco derrotas. Além disso, o técnico conseguiu manter uma série de 15 jogos sem perder no campeonato.