Segundona: PC São José trocou de técnico, mas decepcionou

por Agência Futebol Interior

São José dos Campos, SP, 1 (AFI) - Não foi a estréia que o técnico Fernando Alcantara imaginava no PC São José. Vencendo por 2 a 0, sofreu o empate faltando 4 minutos, e fica fora da zona de classificação ao término do 1o turno do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O novo técnico, que substituiu Marião, promoveu duas alterações para a partida. Uma foi o retorno do volante Luis Paulo que cumpriu suspensão. A segunda alteração foi radical. O lateral direito Rafael Miranda que entrou durante as 5 partidas anteriores, começou como titular. Na meia esquerda no lugar de Emerson.

“Quis mudar um pouco a postura, criando mais força ofensiva, com algumas alternativas diferentes”, explicou Fernando Alcantara.

Os gols
E foi Rafael Miranda que proporcionou o primeiro gol. Ele lançou na esquerda pelo alto o rápido Cecel que entrou na área e foi derrubado pelo goleiro. Pênalti marcado pelo árbitro Fábio de Jesus Volpato. Cecel bateu colocado e fez o 4º gol na competição.

“Tem que manter a tranquilidade neste momento do pênalti. Felizmente marquei mais um”, afirmou o artilheiro Cecel.

Com o empate com sabor de derrota, o PC São José cai para a quinta posição com 8 pontos no Grupo 5. Uma posição ruimpara um clube que investe tanto. Mas o greupo está equilibrado, tendo como líder o Taubaté, com 13 pontos. Depois estão três clubes com 10 pontos: Atlético Paulista, Jacareí e Mogi das Cruzes.

Os quatro primeiros colocados vão passar à segunda fase. Na abertura do 2o turno, o Primeira Camisa joga em Mogi das Cruzes contra o Mogi.

Técnico mudou duas vezes

Na segunda etapa, o Ecus pressionou buscando o empate. Se no primeiro tempo, a equipe de Suzano só fez um ataque, no segundo fez 6 finalizações no alvo. O goleiro Ivan fez 4 grandes defesas, uma a queima roupa e outra pelo alto de mão trocada. Num destes ataques, a defesa deu um chutão para frente. Na velocidade, Cecel dominou, avançou, driblou o goleiro e quase sem ângulo fez o segundo gol aos 22.

Empate no final
Quando o jogo caminhava para o final, o Ecus alcançou o empate. Aos 41 minutos, Nene bateu falta no ângulo para a defesa parcial de Ivan. No rebote, Elias diminuiu. Dois minutos depois, novo ataque. Após rebate da defesa, Bruno Neres fez o gol de empate. Silêncio entre os 311 torcedores, sendo 138 pagantes.

"Tivemos chances para liquidar o jogo. O Ecus foi corajoso e não se entregou em nenhum momento", comentou Fernando. O lateral Danilo Fidélis reconheceu o descuido no final do jogo. "Houve falta de atenção nossa. Agora temos que buscar a recuperação fora".

"Na quarta teremos um jogo treino para corrigirmos nossa equipe. Agora já tenho uma idéia de como nossos jogadores se posicionam na partida. Serviu de parâmetro para mim", analizou Fernando Alcântara.

 
 
" />