Paulista não autoriza evento em seu estádio por conta de 'bandeira LGBT'

A organizadora do 'Rúcula - Festival de Artes' divulgou nota em que cancela o evento por conta de 'desconforto' do clube

por Agência Futebol Interior

Jundiaí, SP, 12 (AFI) - Uma situação polêmica aconteceu nesta terça-feira envolvendo o Paulista, atual campeão da Segunda Divisão estadual. A organizadora do 'Rúcula - Festival de Artes' divulgou nota em que cancela o evento, que ocorreria no estádio Dr. Jayme Cintra, e o motivo foi o 'desconforto' do clube por conta de um dos artistas ser de orientação LGBT. O Paulista emitiu nota, explicando que a decisão foi por conta do estatuto.

De acordo com a nota da organizadora, depois de ter conhecimento de que uma das atrações era LGBT, o clube só cederia o estádio se esse artista fosse retirado. O evento seria nos dias 23 de 24 de novembro.

No início da noite, o Paulista também emitiu nota oficial, explicando que foi realizada uma reunião antes e que pediu para que nenhum 'tipo de bandeira fosse levantada, quer fossem no âmbitos religiosos, políticos, raças e gêneros', pois o estatuto do clube não permite tais manifestações.

A organizadora rebate, dizendo 'que não levanta bandeiras e que preza pela pluralidade'.

CONFIRA O COMUNICADO DO EVENTO

O Rúcula - Festival de Artes não mais acontecerá no Estádio Dr. Jayme Cintra. A organização do evento, em respeito à confiança depositada por seu público, artistas e fornecedores, esclarece:

Após a divulgação da programação do evento, o Paulista Futebol Clube manifestou desconforto com relação a uma de nossas atrações, de orientação LGBT, condicionando a cessão do estádio, firmada em contrato, à retirada dos artistas em questão do festival.

O fato de o evento contar com aproximadamente trinta atrações, de diferentes gêneros, linguagens, estilos musicais e raças, significa para o Rúcula uma preocupação com a representatividade. O clube alega, no entanto, que o festival "levanta bandeiras".

Reiteramos que esse festival preza de forma absoluta e inquestionável pela pluralidade e multiplicidade, discordando dessa postura. Assim, em respeito aos artistas, público e demais envolvidos, o Rúcula se nega a acatar esta interferência em nossa curadoria, ainda que isso custe-nos a não cessão do uso do estádio.

Faremos um festival ainda mais bonito, mais plural e mais divertido. Mais informações em breve.

O evento dos dias 23 e 24 de novembro, porém, está cancelado. Contamos com o apoio de todos aqueles que compreendem a importância de uma sociedade mais tolerante e plural. Cultura e arte servem para semear estes valores.

Rúcula Festival de Artes.


CONFIRA O COMUNICADO DO PAULISTA

Sobre o cancelamento do evento "Rúcula - Festival de Artes" no Estádio Dr. Jayme Cintra,

O Paulista Futebol Clube vem a público para esclarecer sobre alguns pontos. Na primeira reunião realizada com os representantes e idealizadores do evento ora em pauta, fora solicitado que não houvesse nenhum tipo de exibição que levantasse bandeiras, quer elas fossem no âmbitos religiosos, políticos, raças e gêneros, isso tudo em função de uma limitação existente no estatuto social na qual não é permitido tal manifestação.

E essa solicitação foi acatada em reunião. Porém, para a nossa surpresa, a organização do evento decidiu quebrar o acordo - que foi feito em reunião, com várias pessoas presentes, violando assim, a única solicitação feita pelo clube.

É importante ressaltar que o Paulista Futebol clube cederia sem ônus o estádio Dr. Jayme Cintra para a organização do evento, ou seja, sem custo para os organizadores.

O Paulista FC é uma instituição esportiva e, mesmo com tantas outras tendo negado receber o evento em nossa cidade, nós abrimos as portas do estádio para a organização, apenas colocando algumas condições, respeitando o nosso estatuto.

Lamentamos o não cumprimento das solicitações, ressaltando que o Paulista Futebol Clube está disposição para todos que queiram realizar eventos, porém desde que se submetam as condições impostas pelo clube.

Temos conhecimento das manifestações contrárias a essa decisão, que respeitamos, assim como manifestamos nosso irrestrito apoio a todas as opções culturais e comportamentais, sem exceção.

O que é importante ressaltar é que o clube se limita a cumprir com o que está devidamente registrado em seu estatuto. Portanto tudo que aquilo que o contraria não pode ser realizado.

O Paulista Futebol Clube fica a disposição para maiores esclarecimentos, se eximindo de qualquer responsabilidade assumida pela organização do evento.