Segundona: Último título do Paulista aconteceu há 8 anos com lateral da Série A

Na outra lateral, o então desconhecido Reinaldo, hoje no São Paulo, era um dos destaques do Galo

por Agência Futebol Interior

Jundiaí, SP, 29 (AFI) – No sábado, o Paulista pode voltar a soltar o grito de ‘É campeão’ depois de uma série de seis rebaixamentos seguidos. A final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão será entre o Galo e Marília, às 16h, no Jayme Cintra. O primeiro jogo ocorreu empate sem gols e o Paulista tem a vantagem de jogar por um novo empate em Jundiaí

O Galo não conquista um título desde 2011, quando faturou o tricampeonato da Copa Paulista sobre o Comercial, em partida realizada em Ribeirão Preto.

Na primeira partida da final, o Galo venceu o Comercial por 2 a 0 em Jundiaí, gols de Reinaldo e Alan Mineiro. O título veio mesmo com a derrota por 2 a 1 na decisão fora de casa. Carlão fez para o Paulista e Henan marcou os dois do Comercial.

Último título do Paulista aconteceu há 8 anos com lateral da Série A
Último título do Paulista aconteceu há 8 anos com lateral da Série A
A equipe campeã da Copa Paulista era recheada de jogadores que hoje são conhecidos do futebol brasileiro. O lateral-direito era Samuel Xavier, que hoje defende o Ceará.

Na outra lateral, o então desconhecido Reinaldo, hoje no São Paulo, era um dos destaques do Paulista. Foi dele um dos gols no primeiro jogo da final. Reinaldo chegou a Galo vindo do Penapolense e se destacou no clube.

NO MEIO
Wellington, ex-Santos finalista da Copa Libertadores de 2003 contra o Boca Juniors e já aposentado, era um dos volantes, assim como Bruno Formigoni, que defendeu a Inter de Limeira na Copa Paulista. O volante Madson, hoje defende o Atromitos FC, da Grécia.

Alan Mineiro era o camisa 10. Depois de passagem pelo Corinthians, ele defende o Vila Nova na Série B do Brasileiro. Ele fez um dos gols da primeira final da Copa Paulista.

ATAQUE
O ataque titular era formado por Raphael Macena, atualmente no XV de Piracicaba, e Mike, destaque do Atlético Goianiense na Série B neste ano. Mike, depois do Paulista, defendeu o Internacional e foi vice-campeão paulista pelo Audax em 2016.

Na final, Carlão foi o titular do ataque substituindo o suspenso Macena e fez o gol do Paulista em Ribeirão Preto. Carlão teve boas passagens pelo Paraná Clube, Novorizontino, Mirassol e hoje defende o Al-Jabalain FC, da Arábia Saudita.

Reinaldo era lateral do Paulista na ocasião
Reinaldo era lateral do Paulista na ocasião
MAIS DO GALO
A dupla de zaga era formada por Diogo Borges, que defendeu O Santo André recentemente e Diego Ivo, que subiu com Juventude na Série C do Brasileiro este ano.

O técnico do título foi Wagner Lopes, que recentemente deixou o Atlético Goianiense.

A equipe tinha no elenco ainda o zagueiro Junior Alves, semifinalista da Copa Paulista pelo São Caetano, o lateral Rafael Ferro, que estava na Inter de Limeira e o atacante Danilo Baia, hoje no Operário. O atacante Cassiano Bodini, uma espécie de 12º jogador do Galo naquela época, já se aposentou.

NO RIVAL
Como curiosidade, o goleiro do Comercial na decisão era Alex Muralha, que defendeu o Flamengo e hoje está no Coritiba. O volante Hudson daquela equipe do Bafo hoje está no São Paulo.

Confira a ficha técnica daquela decisão
Comercial 2 x 1 Paulista

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão PretoÁrbitro: Raphael Claus;Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Fabricio Porfirio de MouraCartões Amarelos: Rossato, Hudson e Rafael Lomas (Comercial); Mike (Paulista)Gols: Henan aos 27'/2T e aos 34'/2T (Comercial); Carlão aos 19'/2T (Paulista)

ComercialAlex; Rafael Lomas, Marcel, Rafael Tavares e Rossato; André Bilinha, Jordã (Silvinho Júnior), Hudson, Junai (Velicka) e Daniel Costa; Tiago Maques (Henan).Técnico: Márcio Fernandes.

PaulistaGiuliano; Samuel Xavier, Diogo, Diego Ivo e Reinaldo (Correia); Wellington, Bruno Formigoni, Madson e Alan Mineiro (Júnior Alves); Mike (Cassiano) e Carlão.

Técnico: Wagner Lopes.

TEXTO DE Fabio Frattini Manzini

Mercado da Bola
Paulista-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Matheus Phillipe e Diogo;

  • Laterais

    Cafu; Juninho Bala e Daniel;

  • Zagueiros

    Maicon Firmino; Zulu; Murylo e Mingotti;

  • Meias

    Bruninho, João Lucas e Borges;

  • Atacantes

    Alan John e Kaio Bala;

  • Técnico

    Edson Fio.