Segundona: Capitão pede que Paulista controle ansiedade no jogo do acesso

Time de Jundiaí está perto do acesso depois de vencer o Flamengo por 2 a 0, em Guarulhos

por Agência Futebol Interior

Jundiaí, SP, 17 (AFI) - Uma vitória por 2 a 0 construída na casa do adversário, em um dos jogos mais importantes do ano, não pode causar outro sentimento senão euforia. Esse o cenário do Paulista na disputa das semifinais da Segundona. Com a boa vantagem na conta, o time de Jundiaí consegue o acesso mesmo se perder por dois gols de diferença no próximo jogo contra o Flamengo de Guarulhos, já que tem melhor campanha geral, e o capitão Edinan cita a importância de controlar a ansiedade no duelo decisivo.

“Liderança tem que ser não apenas dentro de campo, mas também fora. E como sou um dos mais velhos, tento manter o foco dos mais novos, Eles têm ansiedade e isso pode afetar no campo. Aqui a gente tem de manter os pés no chão, e são 90 minutos que vão decidir muita coisa”, avaliou o jogador em entrevista ao Jornal de Jundiaí.

Foto: Gustavo Amorim / Paulista FC
Foto: Gustavo Amorim / Paulista FC

“Vai ser o jogo mais importante do ano, pois vale o acesso, inclusive para nós atleta”,“Se a gente conseguir o acesso, a festa é dos torcedores, pois a gente é apenas funcionário do clube e estamos ajudando a reerguer o Paulista”, completou.

DECISÃO
A rodada de volta da semifinal da Segunda está marcada para as 16 horas deste sábado, no Jaime Cintra. Caso consiga o acesso, o Paulista também avança a final para enfrentar Marília ou Fernandópolis, que disputam a outra semifinal. O jogo de ida foi vencido por 2 a 0 pelo time maqueano.