Paulista 1 x 0 Friburguense - Bom resultado na estreia da Série D

por Agência Futebol Interior

Jundiaí, SP, 5 (AFI) – A estreia do Paulista no Campeonato Brasileiro da Série D não foi de encher os olhos da torcida, mas acabou sendo positiva em termos de resultado. Com um gol de Tales Magalhães, aos 36 minutos do segundo tempo, o time pauslita venceu o Friburguense, por 1 a 0, neste domingo à tarde, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí.

Com isso, o Paulista assumiu a liderança do Grupo 6, com três pontos, porque no outro jogo, Madureira e Tupi empataram sem gols, em Moça Bonita, no Rio de Janeiro. Ambos têm um ponto, contra nenhum do Friburguense. Apenas os dois primeiros passam à segunda fase.

Mancini e Anderson Batatais
A maior atração no estádio foi a presença do técnico Vagner Mancini, ex-Paulista, e agora no Santos. Ele estava nas sociais do Jayme Cintra acompanhado do ex-zagueiro Anderson Batatais, agora seu auxiliar técnico.

Enquanto isso, permanece a indefinição em relação ao futuro do comando do time, uma vez que o presidente Eduardo Palhares vai mesmo renunciar ao cargo. Só falta oficializar a sua decisão.

Em relação ao time, pode ganhar nos próximos dias um reforço importante: o experiente volante Fábio Gomes. Ele está na reserva do Atlético-GO, que disputa a Série B, e já manifestou desejo de voltar para Jundiaí, onde começou a carreira profissional.

Time apático
A estréia do técnico Armando Bracalli, ex-treinador de goleiros, no comando do Galo foi decepcionante, principalmente no primeiro tempo. O Paulista foi um time apático, sem iniciativa e com alguns garotos mostrando certo nervosismo.

Sem vibração e lento na saída de bola, o Paulista facilitou o trabalho do visitante. O Friburguense sempre levou mais perigo ao ataque, embora não conseguisse nenhuma chance real para abrir o placar.

Tudo igual
O segundo tempo começou sem nenhuma mudança nos dois times, mas com a expectativa de uma melhora, principalmente por parte do Paulista. E isso, realmente, aconteceu. Em menos de dez minutos, o Galo criou três chances para abrir o placar.

A primeira com Marcinho, que recebeu de João Paulo e chutou de esquerda, que não é seu forte. Resultado: a bola foi para fora. A segunda com Felipe Pinto que soltou a bomba e a bola tirou tinta da trave. E a terceira, de novo, com Marcinho, que recebeu de João Paulo e tocou com categoria, obrigando o goleiro Marcos a fazer “a defesa do jogo”.

Mudanças arrojadas
O Paulista tirou dois volantes, aos 20 minutos, para uma mudança tática. O lateral Clodoaldo entrou na vaga de Thiago Silva, com Lucas passando a atuar pelo meio-campo. A outra saída era esperada, porque William Rocha foi muito mal e deixou a vaga para Tales Magalhães, reforço vindo do Votoraty, campeão do Paulista da Série A3.

Mas o Friburguense soube se fechar bem na defesa, tocando a bola com experiência a segurando o tempo e o resultado importante fora de casa. Só não esperava sofrer o gol, aos 36 minutos. Tales Magalhães foi lançado em velocidade e encheu o pé, não permitindo defesa para ao goleiro Marcos. A fatura, mesmo suada, estava liquidada.

Próximos jogos
Na segunda rodada, o Paulista vai até o interior mineiro enfrentar o Tupi, sábado, às 16 horas. O time mineiro estreou, neste domingo, no Rio de Janeiro contra o Madureira, empatando sem gols e somando seu primeiro ponto.

Ficha Técnica

Paulista 1 x 0 Friburguense-RJ

Local: Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí-SP
Data: 05/07/2009
Renda: R$ 9.640,00
Publico: 1.221 pagantes
Árbitro: Nilo Neves de Souza Júnior-PR
Cartões amarelos: Cássio e Elã (Friburguense). Cléber (Paulista)
Gol: Tales Magalhães, aos 35’/2T

Paulista
Felipe; Lucas, Cléber, Marcelo Xavier e Julinho; Thiago Silva (Clodoaldo), William Rocha (Tales Magalhães), Marcinho e Felipe Pinto; Amauri (Ricardinho) e João Paulo.
Técnico: Armando Bracali.

Friburguense-RJ
Marcos; Sérgio Gomes, Cadão, Émerson e Flavinho; Cássio, Bidu, Elã e Flávio Santos (Ziquinha); Hércules (Flávio Silva) e Diego (Crispim).
Técnico: Cleimar Rocha.