Tcheco, Paulo Baier, português e mais... Confira os técnicos do Paranaense 2020!

Apenas o Paraná segue sem nome confirmado após a saída de Matheus Costa.

por Caio Alves

Curitiba, PR, 05 (AFI) – O Campeonato Paranaense já tem data de início: 18 de janeiro. E o Portal Futebol Interior traz a lista com todos os 12 comandantes para a temporada 2020, que contém ex-jogadores muito conhecidos como Tcheco e Paulo Baier. Apenas o Paraná segue sem nome confirmado após a saída de Matheus Costa.

Atualização (07/01) - O Paraná anunciou o ex-zagueiro do Coritiba, Allan Aal, como treinador para a temporada 2020.


Organizado pela Federação Paranaense de Futebol (FPF), a competição tem cobertura completa Portal Futebol Interior. Os jogos podem ser acompanhados online pelo PLACAR AO VIVO, como também pelo aplicativo Placar FI - tanto no Google Play comona App Store.

CONFIRA NOTÍCIAS, TABELA COMPLETA E REGULAMENTO!


Tcheco comandará o Rio Branco
Tcheco comandará o Rio Branco

TCHECO

Ídolo do Coritiba, Tcheco já teve passagens como treinador no próprio Coxa e na foi auxiliar no Paraná.

Em 2019, comandou o Barra, de Santa Catarina, e agora retorna ao futebol paranaense para defender o Rio Branco.

BAIER DE VOLTA AO TOLEDO

Já Paulo Baier retornou ao Toledo, clube onde começou a carreira como técnico. Assim como Tcheco, ele foi para o futebol catarinense, à frente do Próspera e Brusque.

Em sua volta, tem a missão de guiar jovens jogadores, pois a intenção da diretoria é ter pelo menos 12 jogadores da base no elenco. Em 2019, o time chegou à final e perdeu nos pênaltis para o Athletico.

ATHLETICO EM BUSCA DO TRI

Por falar no Furacão, o time mais uma vez disputará o estadual com a equipe aspirantes, desta vez comandada por Eduardo Barros.

O treinador chamou atenção pela pouca idade: 34 anos. Mas no fim de 2019, assumiu a equipe principal do Furacão no Campeonato Brasileiro. Em oito jogos, conquistou cinco vitórias e empatou três. Até foi cogitado sua permanência, mas a diretoria preferiu alguém com mais experiência e, apesar de não ser a primeira opção, fechou com Dorival Júnior.

Eduardo Barroca no Coxa
Eduardo Barroca no Coxa

BARROCA NO CORITIBA

Maior campeão do estadual com 38 títulos, o Coritiba apostará em Eduardo Barroca para quebrar a sequência do Athletico e voltar a ser campeão após dois anos.

Eduardo faz parte da nova geração de treinadores e se destacou nas categorias de base do Botafogo e Corinthians.

Assumiu o profissional do clube carioca em 2019 e depois se transferiu para o Atlético-GO, ajudando a equipe a garantir o acesso.

DEPOIS DA SÉRIE B

Com a queda para a Série C, o Londrina trocou Silvinho, que volta para as categorias de base, por Alemão, que comandou o time no início de 2019, inclusive por algumas rodadas da Série B.

Já o Operário Ferroviário aderiu estratégia de continuidade, mantendo o técnico Gerson Gusmão, que terminou em décimo lugar na Série B.

O português Luis Miguel comandará o Cascavel CR
O português Luis Miguel comandará o Cascavel CR

ATÉ NO PARANÁ TEM TÉCNICO PORTUGUÊS

Na moda dos técnicos portugueses, o Campeonato Paranaense não poderia ficar de fora. Luis Miguel comandará o Cascavel CR.

Mas em defesa do treinador, ele já está no Brasil há muito tempo, desde 2006, e tem sua carreira ligada a clubes do norte e nordeste, principalmente no Piauí e no Maranhão.

OUTROS NOMES

A lista ainda tem João Burse, que se destacou na base do Vitória, Marcelo Caranhato, que comandou o Cianorte em 2017 e 2018, Reginaldo Vital, campeão da segunda divisão em 2019, e Raphael Bahia, que assume o União, também vindo da segunda divisão.


CONFIRA OS TREINADORES DO PARANAENSE 2020

Athletico - Eduardo Barros
Cascavel CR - Luis Miguel
Cianorte - João Burse
Coritiba - Eduardo Barroca
FC Cascavel - Marcelo Caranhato
Londrina – Alemão
Operário - Gerson Gusmão
Paraná – Allan Aal
PSTC
- Reginaldo Vital
Rio Branco – Tcheco
Toledo - Paulo Baier
CE União - Raphael Bahia