PR: Adeus! Mais um treinador deve cair no Estadual

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 01 (AFI) - A derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR parece ter sido a gota d'água para a diretoria do Rio Branco. Após o novo revés no Campeonato Paranaense, a diretoria do clube deve demitir o técnico Adílson Pelezinho.

Veja também:
PR: Jogadores do Atlético sofrem tentativa de agressão após jogo

Uma reunião será feita ainda nesta segunda-feira para definir o futuro do treinador, mas sua demissão já é dada como certa na imprensa local. Entre os cotados para assumir o cargo estão Edson Borges, atual auxiliar de Ney Franco no Coritiba, e Gassen Salim, que já treinou o clube.

Apesar da campanha razoável no Estadual, a tendência é de que Pelezinho seja demitido. O Rio Branco se encontra a apenas um ponto da zona de classificação para o octogonal final, mas vêm de duas derrotas consecutivas, que prejudicaram a situação de seu treinador.